E aí pessoal? Tudo certo? Hoje tem assunto quente em pauta! Vem ver o que nós fizemos e você pode fazer para ir adiantando os documentos enquanto você espera seu ITA pro Express Entry.

Quando você está no pool do Express Entry, você tem pelo menos algumas semanas para ir adiantando tudo que vai ser necessário enviar para a CIC. Deixar tudo pronto o quanto antes é o que vai te possibilitar enviar seus documentos em menos de 60 90 dias. Então mãos à obra certo?

Preenchimento do Formulário atualizado online

Após receber seu ITA, algumas coisas mudam no sistema online do MyCIC. A primeira delas é que surge um botão azul de “continue application”, é clicando nele que você vai dar andamento à sua aplicação. Junto com esse botão vem logo abaixo um botão amarelo de “decline application”. Ou seja, apesar dos botões serem bem grandinhos, muito cuidado nessa hora para não clicar o botão errado.

Clicando em “continue application” você verá que o formulário que você preencheu antes foi atualizado e tem muito mais coisa para ser preenchida. Antes de ver o formulário você responderá algumas questões. Uma delas é mega importante! Atenção ein!

Eles perguntam se você quer pagar as taxas todas agora quando enviar os documentos ou somente a taxa obrigatória de 550 CAD por pessoa para a análise do processo. Além da taxa de análise do processo existe a taxa de emissão de visto que é 490 CAD por pessoa.

Você pode pagar a taxa de emissão somente depois que sair o OK final e eles pedirem para você enviar os passaportes. Mas você tem que selecionar o que deseja fazer agora no início do processo. Nós preferimos a opção de pagar todas as taxas agora quando enviarmos os documentos para análise.



Eles afirmam que devolvem as taxas de 490 CAD por pessoa se o seu processo for recusado. Então achamos melhor já confiar que não vai ser e dar esse voto aí de “queremos ir mesmo – já pagamos tudo – por que sabemos que vamos”.

Agora voltando ao formulário. As áreas nesse form são bem auto explicativas. E o preenchimento é fácil. Vão aí algumas das minhas observações sobre o formulário que acho válidas prestar atenção.

Travel History e Personal History

Na seção de “Travel History” você precisará descrever todas as suas últimas viagens (com documentação no passaporte) nos últimos dez anos. Eu já deixei num arquivo de word as viagens e as datas de entrada e saída dos países pronto. Aí foi só copiar as informações e ficou mais rápido que olhar no passaporte.

Atenção na parte de “Personal History”. O formulário puxa as suas informações de educação (períodos de estudo) e as informações de trabalho que você forneceu. Porém, segundo alguns grupos que eu participo, é aconselhável que essa parte esteja descrita da atividade mais recente para a mais antiga nos últimos 10 anos. Além disso não deverá ter nenhuma brecha de tempo nessa lista.

Para fazer isso, o melhor é inserir primeiro a atividade mais recente. No meu caso meu emprego atual, e depois a anterior e assim sucessivamente. Eu havia feito tudo fora de ordem e reutilizado o que o formulário já trás pronto.

Aí tive que refazer tudo quando o pessoal desse grupo (alguns moram no Canadá) ligaram para a CIC e perguntaram sobre essa ordem aí. O pessoal da CIC informou por telefone que é melhor já deixar tudo organizadinho.

Como queremos que o oficial de imigração que veja nosso processo fique feliz, melhor fazer né? Para mim demorou bem pouco e pode facilitar a vida dele bastante então… não custa nada!

E se eu clicar para continuar, trava o formulário para atualizações?

A outra dúvida que quase mata a gente do coração é se você clicar no “continue” que tem embaixo do formulário, se você vai conseguir atualizar ele depois se necessário. Fique tranquilo, você pode atualizar esse formulário até a hora que você envia mesmo os documentos e paga as taxas.

Ou seja, ele fica disponível o tempo inteiro para alterações até você estar pronto para enviar os documentos e pagar a facada as taxas.

Fora essas partes não tenho grandes observações a fazer sobre o formulário. Ele é bem claro e tem sempre um detalhamento de cada área para esclarecer como fazer. Muitas coisas já estão preenchidas do formulário antigo, então fica bem simples. Só tenha MUITA paciência por que é LENTO COM FORÇA.

Checklist Personalizada

Clicando no “continue” embaixo do formulário você será direcionado para a sua checklist personalizada. Essa checklist te fala exatamente quais documentos você tem que fazer upload. No nosso caso a checklist era mais ou menos assim:

PRINCIPAL APPLICANT CHECKLIST

  • Passports/Travel Documents (Multiple) (required)
  • Marriage License/Certificate (required)
  • Proof of medical exam (required)
  • Education (diplomas/degrees) (required)
  • Employment Records (required)
  • Police Certificates (Multiple) (required)
  • Proof of Means of Financial Support (required)
  • Digital photo (required)
  • Letter of Explanation

SPOUSE CHECKLIST

  • Passports/Travel Documents (Multiple) (required)
  • Proof of medical exam (required)
  • Education (diplomas/degrees) (required)
  • Legal Name Change Doc. (required)
  • Employment Records (required)
  • Employment Records (required)
  • Employment Records (required)
  • Police Certificates (Multiple) (required)
  • Digital photo (required)

Agora que vocês já sabem mais ou menos tudo que normalmente consta numa checklist de documentos para realizar o upload, vamos tratar do que dá para você ir adiantando enquanto espera o ITA.

Adiantando os documentos

docsComo o sistema do Express Entry é todo ONLINE, você vai ter que transformar todos os documentos em PDF. E o sistema só permite arquivos de até 4MB. Fique atento a isso e já faça os PDFs no tamanho certo.

Vamos fazer uma pequena e rápida listinha para sermos práticos do que dá para ir adiantando. Todos os documentos abaixo devem ser escaneados em formato PDF.

  • Passaportes (ambos aplicantes)
  • Certidão de Casamento e a tradução juramentada da mesma
  • Diplomas e Históricos escolares e a tradução juramentada dos mesmos (ambos aplicantes)
  • IELTS (ambos aplicantes – se ambos fizeram a prova para contar mais pontos como nós)
  • ECA (ambos aplicantes – se ambos fizeram o ECA para contar mais pontos)
  • Cartas de Empregadores (somente os antigos – se você for pedir para o empregador atual – deixe para depois do ITA)
  • Tradução juramentada de Cartas de Empregadores (se seu empregador não falar inglês, melhor pedir para ele fazer a carta em português e mandar traduzir)
  • Foto Digital (ambos aplicantes – esse item é o único que deve estar em JPEG)
  • Letter of Explanation (principalmente para proof of funds e para legal name change)
  • Escrever a Carta do Gerente de Banco (se você já chega com a carta pronta as chances dele negar fazer a carta no formato pedido pelo CIC são bem menores #ficaadica)
  • Certidão de Nascimento/Casamento e a tradução juramentada – para casos de mudança de nome

UPDATE! Muita gente vem perguntar se precisa da Certidão de Nascimento e a de casamento. Coloquei uma barra entre nascimento e casamento pois seria uma ou a outra. Depende de cada caso né? Para quem teve a mudança de nome na certidão de casamento, somente esse documento justifica.

No caso do Han, ele precisou da certidão de nascimento pois a mudança de nome dele foi feita no sobrenome familiar devido a origem da família. Muiiiito antes da gente casar. Por isso você deve decidir qual documento se encaixa no seu caso.

Mas de qualquer forma, dá para perceber que tem bastante coisa que pode ser adiantada né?

O que não dá para adiantar MESMO

  • Medical exams
  • Proof of funds (extratos bancários, pedir a assinatura da carta pro seu gerente do banco)
  • Police Certificates

Esses itens aí de cima não dá para fazer antes. O medical exam até daria para fazer antes, mas é um gasto pesadinho a mais (como vocês podem ver aqui). E como ele tem uma relação grande com a sua data de landing (ou seja de realizar a chegada e entrada oficial no Canadá), você não deve fazer ele muito antes.

Funciona assim: Após você receber o PPR (o visto de residência permanente) você tem até um ano para entrar no Canadá. Só que os seus exames médicos só são considerados válidos até um ano após a realização deles. Então o seu landing tem que ocorrer até um ano da realização dos exames médicos.

Se você fizer o exame muito antes e não for chamado, primeiro você perdeu a grana e vai ter que refazer. Se você fizer muito antes e for chamado, você talvez fique com o tempo de ida restrito. Além do fato que o sistema é online e o médico não consegue inserir seus dados se você ainda não recebeu o seu ITA.

O Proof of funds é time sensitive. Você tem que mandar dados financeiros da sua conta nos seis meses anteriores ao ITA. Então só recebendo mesmo para poder coletar esses dados com as informações certas.

Os Police Certificates no Brasil também são time sensitive. Os certificados emitidos pela polícia federal e pela polícia civil tem validade de 60 dias somente. Então não tem por que tirar isso antes de receber o ITA.

Caso você tenha morado nos Estados Unidos ou em outro país por mais de 6 meses você irá precisar do police certificate desses locais e às vezes demora mais de 3 meses. Se for seu caso aí sim, dá para ir adiantando isso antes do ITA. Inclusive o CIC mesmo recomenda que você faça isso antes.

Fora essa pequena exceção, tudo precisa ser próximo ao ITA. Então… deixa essas coisas quietas e aguarda o ITA.

Organização dos documentos – Dicas de OURO

Durante o meu processo de espera por ITA, eu fui escaneando tudo e separando em pastas lindas no nosso Dropbox. Isso ajudou MUITO após o ITA. Se fosse para ter feito tudo depois do ITA, talvez os 60 dias que eu tinha seria pouco (você futuros aplicantes terão 90 dias para enviar tudo – depois vou fazer um post explicando as mudanças que entraram em efeito depois de 19 de novembro/16).

Dica 1 – organização dos PDFs

Para organizar melhor os documentos, recebemos uma dica valiosa do pessoal do blog projeto maple leaf: Fazer uma folha de rosto e um índice para áreas que teriam documentos com muitas páginas.

Por exemplo, para a área de educação você deverá fazer um único pdf contendo todos seus diplomas e históricos escolares, as traduções juramentadas deles, o resultado do IELTS escaneado e o resultado do ECA. Isso é muito importante. Tem gente que acha que não precisa fazer upload de tudo novamente pois já fez o ECA. ISSO ESTÁ ERRADO.

Muita gente já teve o processo RECUSADO por não fazer upload de todos os documentos educacionais. Eles precisam disso para comparar com o que foi enviado para a realização do ECA e garantir que não houve nenhuma fraude da sua parte.

Esse arquivo educacional fica enorme. Portanto é bom ter uma folha de rosto com o nome daquele documento e um índice indicando em qual página se encontra o que. Isso facilita o trabalho do agente de imigração e assim ele fica mais feliz com você.

Nós fizemos isso para os passaportes, documentos educacionais, certidão de casamento, certidão de nascimento para o legal name change, proof of funds e police certificates. Os outros documentos que possuíam somente uma folha, nós nos poupamos esse trabalho. Afinal a capa e o índice se provariam somente um empecilho para o agente de imigração, na nossa opinião.

Dica 2 – como juntar os arquivos de pdf

Para juntar todos esses PDFs você pode usar sites como: smallpdf e ilovepdf. Ou fazer como a gente e baixar o PDF SAM. Esse último é um programa, gratuito e ele não tem limite de usos. Os sites normalmente te bloqueiam depois de um certo número de usos pois eles querem que você pague o PRO. #atéparece #jábastaastaxas

Você deverá juntar PDFs de um mesmo assunto. Por exemplo:

Passaportes

Juntar em um arquivo todos os passaportes que tenham carimbos de viagens que foram descritas no “Travel History”. Ou seja, todos os passaportes que constem viagens até 10 anos atrás. Devido a uma discussão em um grupo que participamos, descobrimos que não deve ter gaps na ordem das páginas dos passaportes.

Isso poderia ser causa para recusa do seu processo. Então mesmo páginas que estavam em branco porém estavam antes de algum carimbo nós escaneamos para mostrar que dizemos a verdade no formulário de Travel History e não tentamos omitir nada.

E pronto?

Depois de juntar os arquivos de um mesmo assunto (seguindo a checklist você sabe o que deverá juntar) e a folha de rosto/índice você já terá os arquivos de PDF a serem enviados para o CIC.

Lembre-se de que o tamanho máximo é 4MB. Então tente sempre escanear com 300 dpi ou menos. Escaneiei muita coisa com 150 dpi. Fica melhor do que comprimir depois usando esses sites que mencionei.

Espero que esse post ajude vocês no andamento do processo. Se você gostou do nosso post, compartilha com os amigos e com os grupos “canandenses” que você participe! Além claro de continua entrando aqui.

Vamos fazer posts descrevendo exatamente como fazer as cartas de emprego, a carta para o gerente do banco, o que é preciso escanear para preparar o proof of funds e muito mais. Fiquem ligados que agora vai ter muito mais post aqui no blog!

May the Force Be With You