eta e o visto de pr cover

Com essa notícia do eTA para brasileiros surgiram algumas dúvidas super válidas sobre o visto de PR e o envio dos passaportes para o VAC.

Afinal, agora que temos o eTA, o Brasil é considerado um visa exempt country? E o que significa visa exempt country? Vamos responder essas dúvidas hoje e dar uma luz para quem está recebendo o PPR recentemente.

Visa Exempt Country, o que é isso?

Alguns países estão na lista de Visa Exempt Countries – ou seja, de países isentos de necessidade de visto. Portanto, seus respectivos moradores não precisam de visto para entrar no Canadá, mas se entrarem por ar – ou seja, por avião – são obrigados a possuir um eTA para conseguirem entrar.

É o caso dos Estados Unidos e seus residentes por exemplo. Eles podem entrar no Canadá por terra ou por mar somente portando o passaporte americano, sem precisar de visto ou eTA. Para entrarem por meio aéreo são obrigados a estarem com um eTA em mãos.

A lista dos visa Exempt Countries segue nesse link aqui.

O Brasil agora é um Visa Exempt Country?

O Brasil, apesar de hoje permitir a algumas pessoas que utilizem eTA para entrada no país, está na lista de países que exigem visto para entrada no Canadá.


Essa informação pode ser checada no mesmo link de ali em cima, mas vai aqui uma fotinha para esclarecer:

visa required countries

Isso significa que você pode até se qualificar para o eTA no quesito turismo, mas que para qualquer outro tipo de interação, seja ela de trabalho, estudo ou imigração, é necessário o visto.

Reforçando, isso significa que para entrar com um study permit visa, work permit visa ou um visto de residente permanente (nosso querido PR), é necessário que o seu passaporte possua o visto impresso e colado no passaporte.

E qual a confusão então?

A confusão começa quando você recebe seu PPR. Pois, quando você recebe seu PPR tem uma informação tipo essa aqui:

passaport requirements for pr visa

Nessa informação, diz que se você é natural de um país isento a obter visto para visitar o Canadá você pode só enviar as cópias das páginas relevantes do seu passaporte para o consulado, ao invés de enviar o passaporte todo.

E em e-mails mais recentes está escrito algo como:

If you are a citizen of a country that is required to have an eTA to visit Canada

E o que segue após isso é igual ao item b da imagem acima. Porém da forma que está redigido cria a maior dúvida se você deve mandar o passaporte para o consulado ou se você não deve mandar.

Travolta confuso
Ué? Então eu mando o passaporte ou as cópias?

O medo de fazer algo errado e perder seu PPR é real gente! Eu fico até feliz que na hora que eu fiz o processo ainda não tinha saido o eTA então eu nem tive dúvidas. Mandei logo os passaportes pro consulado.

Só que como já expliquei anteriormente, os países que são REQUIRED ou seja que são obrigados ao uso de eTA para a entrar por meio aéreo no Canadá, são os países que são isentos de visto.

O Brasil e o Brasileiro então precisam de visto?

O Brasil queridinho não se enquadra em país isento de visto! Ele também não se enquadra em país em que é requerido ou obrigatório o eTA, pelo mesmo motivo. Só países isentos de visto são obrigados o uso do eTA.

Na verdade para o Brasileiro o eTA é uma facilidade. Que só está disponível inclusive para uma pequena parcela de pessoas no Brasil, que tenham visto americano válido ou que tenham tirado visto canadense nos últimos 10 anos.

Ou seja, não é para todo mundo e não é um ponto obrigatório para a entrada no Canadá. O que é obrigatório para o Brasileiro é ter um visto. Se ele se enquadrar nas exceções, quem sabe pode pular o visto de turismo e emitir só o eTA.

Mas, se você nunca teve visto nem americano nem canadense, você terá que tirar visto canadense pois o Brasil é um país que PRECISA/é obrigatório ter visto para a entrada no Canadá.

Então, quando eu receber meu PPR o que eu faço?

Resumindo bem resumidinho: quando você receber seu PPR, você vai mandar o seu passaporte para o consulado mais próximo da sua casa! Faça isso como mandam as instruções para países que são obrigados a possuir visto para entrar no Canadá, ok?

Por que? Novamente, por que o Brasil e todas as pessoas nascidas no Brasil são obrigadas a ter emissão de visto para o Canadá (exceto para turismo em casos raríssimos). Logo, precisamos ter o visto de SP, WP ou PR colados no passaporte para podermos realizar a entrada no Canadá!

Espero que esse post ajude todos que irão receber seus PPRs nos meses por vir!

Keep Calm and love canadaAproveito para agradecer a galera que levantou esse tema na página de Facebook do SOS vistos. De princípio eu não entendi a pergunta e peço perdão pela minha incompreensão.

Agradeço também quem teve a paciência de me explicar o que a pessoa com a dúvida queria dizer. Assim eu pude encontrar as informações necessárias para fazer esse post lindo para vocês e ajudar a tirar a dúvida!

E nos vemos no Canadá (logo, logo minha gente! Tá chegandoooo)

 


14 COMENTÁRIOS

  1. Oi casal, adorei o blog de vocês! Tenho uma dúvida que não sei se vocês conseguem me ajudar, mas não custa tentar hehehe
    Meu marido tem só o ensino médio e será meu dependente no EE. Eu devo mandar o histórico dele traduzido pro EE? Mesmo não contando nenhum ponto? Quero saber pra já ir me agilizando 🤔 bjos

    • Oi Dandara, tudo bom? Que bom que vc gostou do blog.

      Sobre a situação do seu marido, você já utilizou o CRS TOOL CALCULATOR? Lá dá para perceber que eles pedem a maior graduação possível do seu cônjuge para te dar mais pontos. Isso significa que você pode mandar os documentos dele para a WES e fazer a equivalência do diploma dele de ensino médio, ou você pode alegar que ele não tem nenhuma experiência educacional. O que você alegar, vai influenciar na sua pontuação no EE. Se você ver, dá uma pequena mudança nos pontos alegar NONE ou alegar high school graduation para o spouse. Testa lá no crs tool e veja se para o caso de vocês seria bom que ele fizesse a equivalência com a WES ou outra empresa que faz isso.

      Isso só vocês mesmo para decidirem!

      Abraços,
      Rey

  2. Olá Rey! Mais uma vez, parabéns pelo Blog! Tenho acompanhado sempre e indicado para vários amigos. O blog tem me ajudado muito no meu processo do EE.

    Sobre seu post de hoje, tenho uma dúvida.
    Hoje, eu tenho um visto de turismo válido até 2025 para o Canadá. Nesse caso, não precisaria mandar o passaporte pro VAC, né? Basta mandar as cópias do meu visto válido? O que acha?

    O caso do meu marido é diferente. Em 2015 quando tiramos os vistos de turismo, ele não conseguiu um de dez anos porque o passaporte dele iria expirar antes, e aí o visto dele se limitou a validade do passaporte. Hoje no passaporte dele não tem o visto canadense, só no antigo, e vencido. Nesse caso, ele poderia ter um eTA, por ter visto de turismo do Canadá em menos de dez anos. Mas não sei se pro Landing basta…

    O que você acha?
    Beijos!

    • Oi Ana Carolina! Tudo bom? Muito obrigada por estar indicando o blog. Nós ficamos muito felizes mesmo de estarmos te ajudando.

      Vamos lá, eu aproveitei a sua dúvida, e dei uma re-escrita no post para ver se eu consigo esclarecer melhor ainda. Mas vamos a sua dúvida. Você vai precisar mandar o passaporte pro VAC para emitir o visto de PR SIM! Ok? Todos os Brasileiros continuam fazendo parte da lista de países que não são isentos de visto, ou seja, que são obrigados a terem visto para entrada no Canadá. Por isso nós todos brasileiros TEMOS que enviar o passaporte pro consulado emitir o PR e o CO-PR sim.

      O caso do seu marido é a mesma coisa. Ambos precisam enviar os passaportes ok?

      Espero ter ajudado!
      Abraços,
      Rey

    • Olá Camila, tudo bom?

      Bem se você planeja só estar no Canadá algum tempo como turista você pode solicitar o eTA. Lembrando que o eTA é somente para turistas e é somente para entrada por via aérea. Se sair no período por via terrestre, você não poderá retornar por via terrestre ao Canadá.

      Abraços,
      Rey

  3. Rey, olha eu aqui outra vez!! (seu blog tá sendo mais acessado que o facebook lá em casa)

    Recebemos o PPR dia 17/08! Nossos passaportes (meu e do marido) foram enviados dia 23/08 e recebidos no consulado dia 24/08 e até agora nada mudou!

    Estou nervosa porque no fórum CANADAVISA (no tópico de brasileiros no express entry), mais de uma pessoa recebeu o PPR entre 17-18/08, mesma data que nós, e já receberam os passaportes de volta!

    Será que o fato de sermos um casal acaba aumentando o tempo de processamento?

    Liguei no CVAC, o rapaz que me atendeu disse que o prazo de processamento é em torno de 5 dias úteis (que encerraram sexta passada 01/09), e disse para eu enviar e-mail para o consulado para saber se está tudo certo.

    Mandei e-mail pro consulado, mas só depois vi que eles demoram cerca de 5 dias para responder! Já tentei ligar e depois de 10 minutos, liguei pro consulado aqui em Porto Alegre que disse que o consulado de São Paulo não atende via telefone.

    Estou louca pra comprar as passagens, mega ansiosa, e com aquela pontinha de medo de alguma coisa dar errada nesse momento.

    Vi que os passaportes de vocês demoraram 2 semanas para chegar, mas vocês moraVAM no interior, certo? Nós pagamos Sedex 10 e moramos em Porto Alegre, e nossas duas semanas vão fechar amanhã!

    Será que você teria alguma palavra de sabedoria, ó grande Rey?!? xD

    • Olá Débora, tudo bom?

      Então nós morávamos na capital do ES. Então era um pouco longe do VAC do RJ mas não era interior não (apesar de parecer uma roça em muitos aspectos hehehe). Eu entendo a sua preocupação. Eu mesma estaria preocupada. Porém não adianta entrar em pânico agora. Muitas vezes os consultados ficam mais lotados de coisas para fazer e isso atrapalha o andamento dos vistos. Nunca dá para ter certeza viu! No retorno dos passaportes o sedex é normal e como POA é meio longe de SP pode demorar mais mesmo.

      Depois me dê notícias se deu tudo certo!

      Abraços,
      Rey

      • REY, ELES CHEGARAM!!!!!! 3 semanas e 2 dias depois que enviamos os passaportes eles voltaram para nossas mãozinhas e estamos com os vistos e o CoPR!!! Nos embalos de sexta, compramos as passagens tb!!! É muita coisa pra comemorar gente! É muita alegria!

        Apesar do nosso landing ser apenas em fevereiro, já estamos vendendo as coisas (e como aguenta a ansiedade G-ZUS?!?!?).

        Tivemos que segurar a ida até fevereiro pois vamos embarcar com nossas gatinhas e entre dezembro e janeiro os aviões da Air Canada têm um espaço menor embaixo dos assentos.

        Agora é esperar fevereiro, pegar um voo Porto Alegre> São Paulo, depois São Paulo> Toronto e depois Toronto> Vancouver, tudo isso com dois gatos. Não vai ser mole.

        Ainda tivemos que comprar as passagens POA>SP separadamente, já que os sistemas das empresas aéreas não conseguem transportar os animais se fizer a compra toda junta. (mais uma das muitas burocracias para levar as gatinhas).

        Adoramos o blog de vocês, tem sido nosso guia para tudo. Já estamos lendo tudo sobre o landing e muito felizes de, em breve, estarmos pisando em terras canadenses.

        Quero deixar aqui meu muito obrigada, sem vocês, tudo teria sido mais difícil. Pensamos em contratar alguma agência e talz, mas com a ajuda de vocês, não foi necessário.

        Me identifico muito contigo, assim como tu, eu também fico super preocupada, faço listas e checo as coisas várias vezes! Tenho planilhas do DRIVE desde o início do ano para ir marcando nossa evolução no processo todo. Poder vir aqui te perguntar algo, sabendo que tu também ficaria nervosa, sempre me deixou mais tranquila.

        Há mais de ano estávamos buscando uma oportunidade de tentar a vida em outro país, buscamos vários países diferentes e o Canada sempre se encaixou muito naquilo que buscamos. O blog de vocês foi e é fundamental para realizar esse sonho que temos há tanto tempo.

        Não consigo mensurar o quanto somos gratos à vocês pelas informações, pelos detalhes, pelo apoio nas dúvidas, enfim, por tudo!

        MUITO OBRIGADA! E, se quiserem, uma cerveja em Vancouver, no mês de março, é por nossa conta!

        Até breve!

        • PARABÉNS!!! É muita coisa para comemorar e MUITA ANSIEDADE MEEEESMO! Nossa que legal mesmo saber o quanto a gente mesmo sem saber participou e acalmou vocês durante o processo! É muita vibe positiva! Ficamos super felizes de saber que vocês estão a caminho de Vancouver e COM CERTEZA temos que marcar aquela cerveja em março ein! Deixa um oi no Facebook para gente depois viu?!

          Conte com a gente e logo vai ter post sobre o aluguel do apê! É que esse último mês foi meio apertado mas agora as coisas estão se encaixando e os posts vão voltar a normalidade!
          De novo parabéns e vamos comemorar!

          Abraços,
          Rey

  4. Olá queridos. Se puderem, gostaria de sanar uma dúvida. Eu e meu namorado estamos analisando ir para o canadá. Eu sou elegivel ao eta, mas ele não! O melhor caminho seria tirar qual tipo de visto para ele?

    • Olá Thais, tudo bom?

      Olha, vocês querem ir para o Canadá com que propósito? Aconselho procurarem os tipos de visto no site do governo canadense. Aqui no blog relatamos nosso processo para conseguir o visto de Residente Permanente.

      Abraços,
      Rey

  5. Boa tarde Rey. Estou com viagem marcada para um intercambio de inglês em Toronto, no mês de fevereiro de 2018. Ja consegui o ETA ( tenho visto americano). Ja li alguns posts sobre a autorização, inclusive no site do consulado e ainda paira uma duvida. Vamos lá.
    Meu curso contará com atividades extra sala nas cidades dos EUA vizinhas a Toronto, e se não me engano, terá uma visita a New York por meio terrestre. Minha duvida é: as regras do ETA dizem que sua primeira entrada no País devem ser obrigatoriamente por meio aéreo, mas não dizem nada sobre após entrar, se poderei fazer incursões aos EUA e voltar ao Canadá por via terrestre. Pelas suas pesquisas, sabe informar se terei problemas? Espero que tenha conseguido explicar a duvida direitinho.

    • Ei Paiva, tudo bom?

      Como você viu nesse post, eu não estou respondendo dúvidas sobre o ETA. Oficialmente o governo divulga que só é possível fazer entrada por meio aéreo com o ETA. Não sei te dizer o que acontece por meio terrestre. Já vi gente falando que conseguiu sair e voltar tranquilo, mas não ponho a mão no fogo pelo que o ouvi falar no facebook. Acho que o melhor jeito é você perguntar para a agência que te vendeu a viagem ou para os agentes de imigração quando você chegar.

      Boa sorte! Abraços,
      Rey

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui