Uma das partes que mais me deixou angustiada e cheia de dúvidas antes de fazer o perfil foi o Proof of Funds no Express Entry. Nesse post vou desmistificar o que dá e o que não dá para usar para comprovar que você tem a grana necessária para imigrar.

Proof of Funds – Quanta grana eu realmente preciso?

Essa é a primeira parte que já gera dúvidas. O governo canadense muito experiente sabe que sem grana, não existe imigração. Você precisará refazer uma vida em outro país. E só de móveis e coisas para casa já é um belo gasto. Imagina com todo o resto? Transporte, possíveis cursos para se qualificar de acordo como mercado, passagem para ir, depósito de segurança para alugar apê e muito mais.

A minha angústia principal era ter o valor mínimo que eles pedem. E por eu não possuir esse dinheiro a livre disposição tive muitas dúvidas sobre como comprovar os fundos. Vamos começar então pelo valor. Qual é o valor que você precisa?

Então, eles todo ano lançam o quanto é necessário para cada tipo de família imigrar. Eles simplesmente separam as famílias por número de pessoas e o valor aumenta a cada pessoa a mais. Simples não? A tabela com os valores de 2016 é a seguinte:

Se você entrou aqui após 2016, clique na imagem e veja no site qual o valor atualizado para a sua família.
Se você está lendo esse texto após 2016, clique na imagem e veja no site o valor atualizado para a sua família.

 

Se você for um casal sem filhos como eu e o Vitor, você precisa de $15,143 CAD (Canadian Dollar). Hoje, 01/10/16 segundo o Bank of Canada e o Uol Cotações $1,00 CAD está R$2,47. Ou seja, hoje você precisaria ter R$37.454,86 para ter o equivalente em CAD.

O valor anterior seria sem IOF. Se você quiser levar essa grana em papel moeda e quiser comprar aqui no Brasil tem que incluir o IOF. Hoje 01/10/16 você pagaria no mínimo R$2,68 reais com o iof incluso (visto no melhor câmbio) para comprar $1,00 CAD. Para ter $15,143 CAD você precisaria ter R$40.583,24.


São valores bem razoáveis e assustam um pouco. Se você não tem lá aquelas poupanças, como proceder para comprovar essa grana?

Que tipos de investimentos/contas usar para o Proof of Funds

Como no momento do envio de documentos após o recebimento do ITA, você DEVE ter o valor necessário citado acima, é preciso ter o dinheiro disponível antes de receber seu ITA. O dinheiro deve pertencer a você e não pode ser emprestado de outra pessoa. Se estiver na conta do seu cônjuge e a conta não for conjunta, isso deve ser explicado em uma “letter of explanation”. Nesta carta, o seu cônjuge declara que esses fundos estão disponíveis para a mudança de vocês para o Canadá.

Então o que você pode fornecer como prova da existência e disponibilidade dessa grana? (Você pode checar também no site do Governo aqui.)

  1. Dinheiro em contas de banco (poupança e corrente) no seu nome – ou de seu cônjuge (nesse caso anexando a carta de explicação).
  2. Investimentos que podem ser sacados a qualquer hora – alguns tipos de previdência privada podem ser sacados a qualquer hora. Com o seu nome ou o do seu cônjuge claramente designado of course.
  3. Documentos que mostrem uma propriedade ou capital pagável a você (como ações, cartas de tesouro, debentures, etc.) – há controvérsias sobre esse item.
  4. Documentos que provem que uma certa quantia será paga a você (como cheques, travellers’s cheques ou money orders).

Só isso Giovanna? 

É! Só isso aí.

Controvérsias e dúvidas

Existe uma controvérsia sobre o item 3. Muitos blogs e fóruns informam que você não pode apresentar documentos que mostrem que você possuí uma propriedade de tal valor. Que isso não será validado. E honestamente dá para entender! Acredito que seria relativamente fácil falar que seu imóvel/carro vale X, mas conseguir vender ele por X é outra história.

Não vi até agora ninguém que tenha conseguido passar uma avaliação de valor de imóvel/carro como comprovação de fundos. Então melhor excluir essa opção né?

Além disso com relação a ações e investimentos, temos uma área cinzenta. Algumas pessoas falam que já declararam ações e cartas de tesouro como fundos. Outros blogs e agentes de imigração falam que isso é inexistente. Que a melhor coisa a se fazer é ter a grana na conta. 

Pelo sim, pelo não, temos certeza que dinheiro em conta você pode e deve declarar. E isso de ter que ter o dinheiro em conta me deixou quase doida!!!

Tanto dinheiro assim que tem que estar paradinho esperando pra ir pro Canadá?! Assim eu achei melhor não depositar o dinheiro em algum investimento mais rentável, como o tesouro direto ou um CDB, LCI ou LCA. Triste, mas quem quer arriscar né?

Eu sei de brasileiros que declararam as suas previdências privadas e que deu certo. Então, isso eu tenho certeza que é possível somar aos seus fundos. Muitas vezes essa grana aí ajuda a fechar seu valor mínimo necessário! #ficaadica

Esse dinheiro também deve estar claramente disponível para ser transferido para o Canadá. Você pode declarar após o ITA qualquer quantia que quiser que esteja ACIMA do valor mínimo necessário para a quantidade de familiares que você possui. Só existe um limite para a quantidade de dinheiro físico (papel moeda) que pode ser levado na hora do landing – de aterrissar no Canadá. Mas isso a gente explica melhor em um post futuro, né?

Juntando a grana

Para quem tem imóveis, uma saída (na minha opinião) é vender o imóvel. Guarde o dinheiro da venda para seu proof of funds. Imóvel costuma ter um valor bem alto e a gente costuma dar uma entrada generosa também. O momento não é o melhor para a venda, mas se for seu sonho imigrar, até vale a pena ter algumas perdas não?

Outra solução é vender um dos carros do casal, ou O carro e viver esse tempo de ônibus. Eu entendo que é um sacrifício enooooorme! Mas às vezes você já tem uma pontuação boa para conseguir um ITA, então é melhor não ficar esperando para juntar. Tudo pode mudar e você pode até perder pontos por fazer aniversário por exemplo.

Se você não tem nada que possa ser vendido para levantar essa grana rápido, uma outra ideia é ir juntando a grana aos poucos com o dinheiro do salário ou dos freelas. Aqui em casa a gente sempre fez muita coisa por fora para fechar as contas e realizar as nossas vontades. Então na hora de apertar os cintos e trabalhar mais todo mundo entra no jogo.

Nós acabamos não precisando ralar muito a mais, pois anos antes havíamos feito uma má escolha na compra de um imóvel. A escolha foi tão ruim que já estávamos decididos a vender desde antes de começarmos a correr atrás do nosso processo. Sabíamos que teríamos grande perda, mas a culpa disso é o nosso passado com muita falta de orientação sobre finanças. E aí como a besteira já havia sido feita, melhor transformar ela em Canadá.

Em Julho, apesar de tudo e todos dizerem que seria quase impossível vendermos nosso imóvel, nós conseguimos. Com perdas ok? Mas com dinheiro suficiente para termos os nossos $15,143 CAD. Nem preciso dizer quão mais tranquilo nós ficamos depois de levantar a grana! Sabíamos que agora era só esperar os resultados dos IELTS, fazer o perfil e aguardar o ITA. Sem pressão extra para juntar essa grana bruta, que honestamente, a gente não tinha na conta.

Mais dúvidas?

Se vocês ficarem com mais dúvidas, deixem um comentário que quem sabe podemos te ajudar ou orientar na direção de uma melhor explicação.

Se você fez diferente e deu certo, por favor, compartilha conosco nos comentários? Eu prometo que vou atualizando o post conforme vocês forem me fornecendo mais informações valiosas ok?

Como prometido após recebermos nosso ITA e enviarmos os documentos, nós fizemos um post sobre como preparar a papelada de banco do proof of funds Corre lá que você vai curtir!

Aproveita e curte a nossa página no Facebook para ficar sempre atualizado nos posts novos! E nos siga no instagram @casalnerdnocanada para saber um pouco do nosso dia a dia!

UPDATE: Agora já movamos no Canadá né? #vancouver Ou seja, você já sabe quer tudo que fizemos DEU CERTO!


130 COMENTÁRIOS

  1. Olá, pessoal. Tudo bem? Sou eu de novo – hehe =D

    Eu olhei esse post aqui, e o papo de juntar grana me assusta muito. Sou casado e nós moramos no apartamento que é nosso, porém como todo bom brasileiro, ainda estamos pagando.

    Nós queríamos alugar o ap aqui, quando mudássemos, mas não vendê-lo (nunca se sabe). Porém, eu li aqui que é preciso ter a grana antes de ir para lá! “É isso mesmo, Silvio?”

    Eu dei uma olhada no site oficial de imigração para o Canadá e eu vi que se você tem uma oferta válida de emprego no Canadá, você não precisa comprovar os recursos financeiros, vocês viram isso?

    http://www.cic.gc.ca/english/immigrate/skilled/apply-who.asp (CRTL + F –> Proof of funds)

    Não sei qual é a profissão de vocês, mas isso aqui dá um baita fólego 😛

    Abraço,
    Gabriel

    • Gabriel, é isso mesmo. Só que a “valid job offer” que eles mencionam, de acordo com tudo que já pesquisei, significa um LMIA. Ou seja, é um pouquinho mais raro de se conseguir. Acho legal pesquisar um pouco mais o assunto para ter certeza do que significa isso aí e quais seriam os requerimentos.

      Abraços e boa sorte!!!

  2. Bom dia! Ótimo post!
    Já li que é preciso submeter documentação de registros da sua conta dos últimos 6 meses, é isso mesmo? Pelo que entendi não teria q ter o dinheiro somente ao aplicar após o ITA, mas ele teria q estar lá 6 meses antes disso, confere?
    Outra dúvida, tem um modelo para essa letter of explanation? Seria melhor, menos arriscado juntar as contas? Obrigada!!!

    • Bom dia Lissa!

      É necessário submeter os extratos bancários de 6 meses anteriores de todas as contas que forem utilizadas para comprovar os fundos. Pelo o que os consultores de imigração falam, esses fundos precisam estar lá desde 6 meses antes da data do envio dos documentos (que pode ser enviado até 90 dias após o ITA). Essa letter of Explanation não tem muito formato não… Você vai explicar e detalhar da melhor forma possível a forma como esses fundos chegaram a sua conta. Nós fizemos a carta pois não tínhamos os fundos na conta por 6 meses antes do ITA. Somente por 3 meses antes. Não sei o que vc quis dizer com arriscado juntar as contas, mas se for as contas do seu marido e as suas, pode ser feito sim. O esposo/esposa que não for o aplicante principal deve fazer uma carta declarando que esses fundos na conta dele/a estão disponíveis para a imigração. E aí cada conta bancária precisará dos extratos e das cartas de cada gerente, ok?

      Acredito que funcione assim. Lembrando que a gente não é consultor, só fala do que nós fizemos e do que sabemos que outras pessoas fizeram e deu certo!

      Boa sorte aí!

      Abraços,
      Rey
      Casal Nerd no Canadá

      • Oi, Rey! Sobre os 6 meses do dinheiro paradinho, quer dizer que se eu tenho o valor na conta há 3 meses, já dá pra criar o perfil, tudo, e aguardar o ITA? Pq mesmo que chamem logo, ainda vou ter mais 3 meses pra enviar tudo e daí completa os 6?

  3. Olá
    Sabem me dizer se há a possibilidade de utilizar aqueles VTM para comprovação de fundos?
    Nos mesmos moldes, dinheiro no cartão mais de 6 meses, no meu nome..
    Pergunto, pois não sei onde emitir os travellers cheques e deixar o dinheiro em conta não é uma opção.

    Obrigada!
    btw, muito legal o blog de vocês 😀

    Obrigada

    • Olá Jordana! Tudo bom?

      Bem, pelo que eu já pesquisei e pelo que já li em sites, blogs e fóruns, somente instituições bancárias podem te fornecer a carta de proof of funds e portanto seu dinheiro deveria estar em uma dessas instituições. Nunca ouvi falar de ninguém que fez a comprovação de fundos por VTM. Eu já vi gente que mandou o dinheiro assim. Mas pra comprovar como eles pedem a carta do seu gerente de banco acho que isso não pode ser de outra forma.

      Se for a única forma possível para você aconselho consultar com um consultor de imigração oficial. Eles vão poder te instruir melhor e te dar mais informações sobre todas as formas de comprovar fundos.

      Abraços,
      Rey

  4. Olá!
    Parabéns pelo conteúdo tão útil! Estou aqui escarafunchando o CIC e fiquei com uma dúvida que talvez vocês saibam me responder. No momento em que eu for preencher meu profile do EE para entrar no pool, já vou precisar comprovar a grana? Estou com dois imóveis à venda, mas até eles serem vendidos não tenho a grana na conta =\
    Obrigada e um abraço!
    Lu

    • Lu, tudo bom? Muito obrigada por ler nosso conteúdo e comentar deixando as suas impressões! Feedback é sempre importante.

      Quanto à sua dúvida, os consultores e os fóruns sempre aconselham que o dinheiro já esteja sim na sua conta quando você fizer o perfil. Pois na hora de fazer o perfil você vai alegar quanto dinheiro tem para o PoF e se você receber um ITA mas não tiver o dinheiro que disse que tinha você é fortemente aconselhada a recusar o ITA.

      Se você aceitar está de certa forma cometendo fraude pois não possuí o dinheiro que afirmou possuir, entende?

      No geral fica a critério de cada um, mas eu aconselharia ter o dinheiro. Eu só criei meu perfil depois de ter o dinheiro em conta ok?

      Abraços,
      Rey
      Casal Nerd no Canadá

    • Muito Obrigada!
      São necessários os extratos dos seis meses anteriores a data do seu ITA/envio de documentos.

      Abraços,
      Rey
      Casal Nerd no Canadá

  5. Olá, fiquei com uma dúvida. No site do Governo eles dizem que só poderemos entrar no pool se tivermos como comprovar os fundos, então essa parte já tem que estar pronta no momento de se cadastrar no Express Entry?

  6. Fiquei um bom tempo coçando a cabeça a respeito desse item e cheguei na seguinte expressão, no antigo checklist de papel e que ainda vale:

    “Provide proof of unencumbered and readily transferable funds in a convertible currency available for settlement in Canada:

    – Current bank certification letter (a carta do banco); or
    – Evidence of savings balance (extrato de poupança); or
    – Fixed or time deposit statements (extratos de fundos de investimento ou previdência privada).”

    O que isso quer dizer? Que qualquer fundo de investimento imediatamente resgatável é válido, por isso a previdência privada entra na conta. O que não pode ser considerado de jeito nenhum nessa conta é CDB, LCI e LCA, porque por mais que sejam time deposits, eles não estão imediatamente disponíveis (unencumbered).

    Enfim, comi mosca e botei minha primeira aplicação num CDB que só vence em fevereiro/2018, mas o resto da grana está dividida em dois fundos da XP (um DI e um lastreado em tesouro direto), com aplicação e resgate em D+0, e o resto em poupança, e vou demonstrar a disponibilidade imediata mediante ITA. Até lá vou ter os 15333 dólares canadenses necessários, já líquidos do CDB. Fica a dica!

    Boa sorte na viagem de vocês, e parabéns pelo blog!

    • Ei João, tudo bem?

      Pelo que eu entendo e por tudo que eu pesquisei online é isso mesmo. Os investimentos que são imediatamente resgatáveis são válidos e podem ser usados pro PoF. Mas não sei te garantir se teus investimentos em DI e Tesouro são também válidos pro CIC. Eu pesquisaria um pouco no canada visa forum no thread de brasileiros. Mas eu acredito que tudo com um boa LOE é passível de aceitação.

      Valeu pela análise. Acho sempre válido deixar registrado em algum lugar (blogs, fóruns) pois pode ajudar alguém futuramente né?

      Muito obrigada pelos desejos e pelos parabéns!

      Abraços,
      Rey
      Casal Nerd no Canadá

      • Então, é exatamente nisso que vou trabalhar. Segundo o staff da XP, eles vão fornecer a carta o prazo de aplicação e resgate de todos os fundos. Eu já fiz a aplicação num fundo lastreado em DI e Tesouro Direto pensando nisso (é uma carteira da corretora, não o investimento propriamente dito).

        Lógico, por garantia eu posso simplesmente resgatar os fundos e deixar em poupança, ainda que perca um pouco de IR. Mas é como você mesma disse, uma boa LOE e uma explicação do funcionamento do fundo bastam. Pelo o que percebi na dinâmica das aplicações o que realmente pesa é transparência e boa vontade das duas partes (candidato e agente), e nisso as LOEs são essenciais

        • Interessantes suas colocações, mas fiquei na dúvida quanto ao CDB com liquidez diária (você pode resgatar a qualquer momento). Outra coisa IMPORTANTÍSSIMA, que tem me preocupado, é quanto às aplicações financeiras no Brasil, entrei em contato com a easy e bancos pequenos e todos estão me dizendo que deverei liquidar tudo quando fizer a “Declaração de Saída Definitiva”, eles dizem que tudo será liquidado no mercado secundário. Outra dúvida, pulverizo minhas aplicações em vários bancos e corretoras, deverei pegar a tal carta em cada um ou posso pegar apenas de um (que tenha aquele valor mínimo), ou vou ter que declarar todos os meus investimentos sob pena de sonegação de informações? Ah… o blog é PERFEITO!

          • Olá Mano, tudo bom?

            Olha essa questão dos investimentos para comprovação do PoF é sempre delicada. Aconselho que se você usar um investimento mais complexo que você explique MUITO DETALHADAMENTE o funcionamento dele. Com relação a sua preocupação ela é válida. Também tive essa conversa com eles, porém tudo isso é bem complexo de se entender/explicar. Ninguém sabe definir ao certo entende? Eu mesma tenho q me informar melhor para poder agir nessa área.

            Sobre as cartas, você teria que pegar uma com cada banco até somar o valor que você precisa (eu diria até ultrapassar com algum conforto o valor). Você não precisa declarar todos os seus investimentos não. Eles não vão alegar fraude ok? A questão é saber que em algum lugar, no seu nome, existe pelo menos a quantidade mínima de dinheiro. E quanto mais de fácil acesso for esse dinheiro, melhor.

            Abraços,
            Rey

  7. Ola, vi essa tabela de valores mas não aparece qual o tempo determinado de estadia para o valor, seria de quanto tempo este valor que aparece na tabela?? Eu e meu namorado estamos planejando ficar no Canadá por 6 meses a princípio em curso de Inglês, então, assim entraríamos no Canadá como visitantes na realidade né?? Só não consigo achar o valor que precisamos comprovar para esses 6 meses… poderia nos ajudar nessa dúvida??

    Aguardo pela resposta.

    Juliana Tarcila

    • Olá Juliana! Tudo bom?

      Essa tabela é para quem está aplicando direto para o programa de imigração. Para ser residente permanente de vez entende? O que você está busacando seriam os valores para comprovar para visto de turismo. Eu honestamente não sei ainda te informar. Eu saberei mais sobre isso quandoe stiver fazendo os vistos de turismos dos nossos familiares. Eu acredito que você deve comprovar um valor suficiente para: morar pelos 6 meses, pagar o curso, se alimentar e se locomover.

      Eu imagino que para seis meses esse valor seja grandinho. Procure no google por valores para visto de turismo que com certeza você irá encontrar!

      Abraços,
      Rey
      Casal Nerd no Canadá

  8. Olá! Estamos preenchendo o Permanent Residence application e uploading os documentos, porém estamos cheios de dúvidas e sofrendo com a burocracia! Nosso banco (Itaú, horrível) está nos enrolando com a carta e, como já estamos no Canadá, não temos como ir lá pedir pra alguém. Estou esperando há dois dias a resposta do gerente designado. Além disso, não sei se temos que fazer tradução juramentada de todos os extratos mensais e do investimento, precisa? São muitas páginas, isso fica caríssimo. Também estou apanhando com as cartas dos empregadores (igualmente ficam enrolando) e com os holerites. São dezenas, também teria que traduzir? Outra coisa, a gente escaneou as CTPS, mas não vejo ninguém falar delas. Adianta juntar? Se sim, também tem que traduzir? Obrigado!!!

    • Ei Leonardo! Tudo bom?

      Olha eu tenho conta no Itaú e não tenho do que reclamar. Mas eu tenho ouvido relatos que os gerentes de algumas localidades estão empacando as cartas pra quem não aparece lá fisicamente (ou seja, para quem está no Canadá já por exemplo).

      Nós mesmo com a carta do gerente mandamos os extratos de 6 meses da conta corrente e da poupança. Além disso mandamos uma LOE. Se você quiser saber mais sobre como montamos nossos documentos do PoF tem um post super detalhado. Eu aconselho sim mandar os extratos e lógico fazer a tradução juramentada de tudo que estiver em português.

      Nós tínhamos as cartas de referência dos empregadores então não mandamos nada de CTPS e só acho que adianta se vc não conseguir as cartas.

      Abraços,
      Rey
      Casal Nerd no Canadá

  9. Oi Rey, tudo bem?
    Nossa, o site de vocês tem me ajudado muito! Recebi hoje o ITA mas já tinha começado a separar a documentação necessária.
    Será que você pode me ajudar com uma dúvida? A tradução juramentada deve ser feita por algum tradutor vinculado ao CIC?
    Minha amiga (que também está nessa fase de juntar documentação) disse que deve ser algum tradutor com vínculo ao CIC mas, na minha opinião, bastava qualquer tradutor desde que juramentado. Como vocês fizeram?
    Obrigada e um abraço!

    • Oi Ana Paula! Tudo bom? Que bom que o blog etá ajudando você!

      Então, realmente qualquer tradutor juramentado serve. O que não pode é um tradutor qualquer, como por exemplo, eu sou professora de inglês e faço traduções, mas não sirvo pro CIC não hehehe. O que deve ser vinculado ao CIC é o médico para os exames.

      Nós buscamos um tradutor juramentado do nosso estado e fizemos por aqui mesmo.

      Abraços,
      Rey
      Casal Nerd no Canadá

  10. Gente o blog de vocês eh muito bom!!!
    Eu tô com uma dúvida. Eu recebi ontem o ITA. Quando eu apliquei eu disse que tinha uma quantia na poupança e agora com o dólar a SN alturas eu tenho menos (porém continua mais que o mínimo exigido). Tem algum jeito de eu atualizar esse dado antes de enviar a papelada? Não quero parecer mentirosa com eles, e como eu continuo tendo o valor necessário não acho que será problema. Eu só queria saber se da pra atualizar! Muitooo obrigada pelo conteúdo show!

    • Ei Barbara! Muito obrigada pelo elogio! E parabéns pelo seu ITA!

      Então, eu acredito que dê para alterar sim, pq eu lembro que eu alterei. Mas eu demorei um tempão para achar aonde que era que alterava e honestamente eu não lembro pra te dizer. Mas fuça bastante aí que vc vai encontrar alguma parte sobre seus dados pessoais mais específicos que foi o que você preencheu quando fez o perfil que dá para alterar sim.

      Se vc não encontrar essa parte é só acrescentar uma LOE na parte do POF dizendo o valor do dólar quando você fez o cálculo e que devido a instabilidades políticas não previstas o valor do CAD aumentou bastante e atualmente vc tem X. Tendo explicação eles aceitam tudo!

      Mas assim eu não me apressaria em mudar isso não. Espera pelo menos um mês ou 2 semanas para gente ver como o mercado vai se portar sabe… tudo é muito volátil no Brasil! 😉

      Abraços,
      Rey

  11. Boa Noite Rey, Tudo Bem.

    Fiquei com uma dúvida, quando vou me cadastrar no Express Entry,
    – já devo ter o dinheiro na conta a seis meses ?
    – ou devo ter o dinheiro seis meses antes de enviar a comprovação financeira, após receber o ITA ?

    Por exemplo, me cadastro no Express com o dinheiro na conta a quatro meses, logo após já recebo o ITA, então demoro mais dois meses para enviar o book com a comprovação financeira, assim totalizou seis meses, isso é possível ?

    Valeuu !!

    • Ei Marcos! Tudo bom? Com a gente tá tudo ótimo (fora o dólar né hahahaha – é rir para não chorar)

      Quando às dúvidas: os consultores de imigração costumam recomendar que o dinheiro esteja na conta a 6 meses antes de fazer o perfil, mas a gente por exemplo não tinha tudo por 6 meses na conta. Na verdade quando criamos o perfil tinha por volta de um mês que colocamos o dinheiro em conta após a venda do imóvel. Com uma boa LOE e documentos para comprovar de onde vieram os fundos, fica tudo certo.

      Não é aconselhável fazer o perfil alegando ter mais dinheiro do que você realmente tem entende? Pois isso é considerado fraude e pode botar tudo a perder. Se o dinheiro que vc tem a 4 meses na conta é um pouquinho acima do mínimo necessário, já dá para criar o perfil alegando esse valor. Se o dinheiro for menos que o mínimo eu aconselho esperar ter pelo menos o mínimo para criar o perfil.

      Nós só criamos o perfil após termos o valor mínimo em conta corrente para não correr risco de ter o processo recusado a toa.

      Abraços,
      Rey

  12. Olá!! Estamos ainda no nível zero pesquisando bem para não errar.
    Vi que não pode pegar dinheiro emprestado, nosso caso é o seguinte a tia do meu marido vai mandar o dinheiro para deixarmos em conta (agora já vou me preparar p depositar com 6 meses de antecedência de criar o perfil). A tia mora no Canadá há muitos anos e está querendo nos ajudar e podemos até ficar na casa dela até tudo se ajeitar. Qual a melhor forma para comprovar o dinheiro? Posso usar o comprovante que recebemos quando o dinheiro fica disponível no Brasil?

    • Fernanda, tudo bom?

      Olha o padrão para Express Entry é que o dinheiro seja seu. Não podem ser feito por meio de Sponsor. A forma como vocês podem comprovar que esse dinheiro é legitimo é a pessoa que doá-lo para vocês fazer uma carta explicando que está doando o dinheiro e que o mesmo não precisará ser devolvido. Fora isso, pelo que eu saiba, não existe outra forma de comprovar uma grande soma de dinheiro que foi transferida por algum parente entende? Espero ter esclarecido a sua dúvida.

      Abraços,
      Rey

  13. Olá Rey!
    Queria primeiro dizer que o blog de vocês possui o conteúdo mais completo que já vi sobre o processo de imigração do Canadá…parabéns mesmo!

    Sobre minha dúvida, é o seguinte, sou casado, mas minha esposa não quer imigrar, mesmo assim devo comprovar os recursos financeiros como se fossem 2 pessoas, ou seja, ao invés dos $12.300 deverá ser os $15.312?

    Aproveitando ainda, essa filosofia será a mesma para minha pontuação no Express Entry? Ou seja, minha pontuação no quesito “spouse” será zero, ou serei avaliado como solteiro?

    Valeu de verdade pelo conteúdo!

    • Oi Renan! Muito obrigada pelo elogio! Fico muito feliz!

      Olha, sobre a sua dúvida. você teoricamente só precisaria comprovar para uma pessoa. Mas pelo que eu fiquei sabendo, quando o spouse não vai acompanhar o aplicante principal é necessário dar um número de explicações do por que isso iria acontecer. Teria que ter cartas assinadas da sua esposa explicando os motivos dela. Declarações de trabalho ou o que quer que seja mais que possam comprovar a necessidade dela estar no país e você estar em outro. Além de se ter que comprovar como vocês manteriam o casamento e se existem planos de ela se unir a você em algum momento.

      Pelo que eu sei é bem complicado, e sobre a questão da pontuação eu não saberia te informar como isso seria pontuado. Aconselho fortemente você consultar com algum consultor de imigração bom que possa te explicar com detalhes o que vocês precisariam cumprir para ter tal situação, ok?

      Abraços,
      Rey

  14. You don’t need to show that you have enough money to support yourself and your family to meet the program requirements of the Canadian Experience Class (this includes provincial nominees who are part of the CEC stream).

    Note that you do not need proof of funds if you are currently:

    authorized to work in Canada and
    have a valid job offer
    Keep your funds up-to-date in your profile. The system may find that you are eligible for more than one program. You don’t always know ahead of time which program you will be invited under.

    • Oi Josue, Tudo bom?

      Olha a informação que você postou aí está correta. Porém como esse post se direciona ao proof of funds no Express Entry está subentendido que ele contempla os processos que precisam de proof of funds ok? Como já disse em outro post, a não ser que você venha para o Canadá primeiro e tenha ao menos 1 ano de moradia no Canadá você não se encaixa no Canadian Experience Class. Normalmente para quem está no Brasil é necessário o proof of funds.

      Agradeço pelo reforço nas informações.

      Abraços,
      Rey

  15. Oi pessoal,
    Muito legal o blogue de vocês! Muito obrigado pela ajuda que estão dando.

    Eu tenho uma dúvida. Eu, minha esposa e filhos estamos nos planejando e vimos que conseguiremos arcar com as custas do EE e juntar os $18500 para a o proof of funds, mas não teremos muita folga.

    Queria saber se depois de receber o ITA e realizar a parte burocrática do POF podemos utilizar parte dos $18500 para comprar as passagens de avião para ir para o Canadá ou esse valor teria que ficar congelado na conta até chegarmos.

    Agradeço pela ajuda desde já
    Abraços!!

    • Olá Márcio, tudo bom?

      Obrigada pelo elogio e pela leitura! Olha, oficialmente esses fundos tem que estar em conta corrente quando você fizer seu landing pois o policial de imigração pode pedir para ver um extrato atualizado do seu POF. Eu aconselharia tentar ver outras formas para pagar a passagem. Talvez um parcelamento ajude a pagar. Você pode utilizar o dinheiro para comprar CAD e aí se houver uma diferença você pode mostrar o dinheiro em cash e dizer que você comprou CAD para a chegada. No nosso caso, no landing não pediram para ver o extrato não, mas eu tinha ele atualizado de qualquer forma.

      Abraços,
      Rey

      • Oi, tudo bem? A respeito do PoF no Landing, que já vi aqui que não te pediram, mas temos que levar de qq forma, o seu extrato pra usar como PoF no landing era da quantia em uma conta corrente no Brasil ou no Canadá? Sabe se é possível levar in cash?

  16. Rey, boa noite!

    Estou em uma sinuca de bico…
    Tenho uma boa pontuação para o express entry, o que ainda nos prende é a grana.
    Mas tem um porem bem grande e caro, meu marido tem 3 filhos de outro casamento.
    Será que se eu dizer ao CIC que não tenho dependente (não tenho mesmo) pode dar ruim?
    Não pretendemos deixar os filhos dele desassistimos, já incluimos o valor das pensões no nosso planejamento financeiro. Mas ele não tem nenhum intenção de levar os filhos, e não vemos pq colocar no processo e ainda aumentar a quantia do proof of funds :/

    • Ei Mari tudo bom?

      Olha, vou ser 100% sincera e dizer que eu não tenho background para te aconselhar nesse caso. Eu acredito que no seu caso uma boa consulta com um bom consultor de imigração seria o ideal. Eu não tenho ciência das regras e tal. É importante fazer a coisa certa e acho que vale o investimento agora para não dar errado depois, né?

      Boa sorte!
      Abraços,
      Rey

  17. Bom dia.
    Primeiramente gostaria de parabenizar o site de vocês, excelente a qualidade de informações. Isso têm me ajudado bastante no caminho para o visto de residente permanente.

    Tenho uma dúvida: atualmente possuo 40% do valor necessário do Pof. Em março irei receber R$60.000,00 de um processo judicial de uma empresa (já feito acordo)
    Neste caso eu posso dar entrada no EE (considerando uma nota acima de 430)?

    Eu cheguei a fazer uma consultoria com uma agência de imigração por Skype aí do Canada, e me disseram que se eu tivesse o valor consideravelmente maior do que o mínimo necessário (12.000,00 CAD) eu não precisaria ter os 12.000,00 CAD durante os 6 meses já que esse valor maior meio que compensaria pelos outros meses. Consegui ser claro? hahaha

    (Por exemplo: possuo o extrato de 4 meses com 5.000,00 CAD, e nos dois últimos mais 25.000,00 CAD)

    Sabe me disser se esta informação está correta mesmo?

    Obrigado! E parabéns pelo site!

    • Guilherme, tudo bom?

      Olha só, quem sou eu para dizer algo ou poder confirmar informação de alguma agência ou consultoria de imigração! Eles são os especialistas! A informação que eu tenho é que é mais seguro ter o dinheiro por 6 meses em conta ou se não tiver o período todo comprovar como você conseguiu um aumento de quantia na conta. No nosso caso anexamos documentos sobre a venda de um imóvel e foi tudo ok. Você pode dar uma pesquisada no canadavisa Forum. É o lugar mais aconselhado para encontrar esse tipo de informação!

      Abraços,
      Rey

  18. Olá, eu tenho o valor necessário em fundos de investimento atrelados à minha conta corrente, todas com liquidez D+0 ou D+1. Posso usar eles na PoF? Ou preciso resgatar e estar no saldo da conta corrente? Obrigado.

    • Gabriel, nós não usamos fundos de investimento. Portanto não me sinto confiante em te dizer que sim ou que não. Aconselho dar uma pesquisada no Canadavisa forum. O link está na barra lateral direita. Abraços!

  19. Oi Rey! tudo bem?
    O requerente principal da aplicação será o meu marido, mas a poupança está no meu nome. Sabe me dizer se teria problema? Preciso fazer uma letter of explanation pra isso?

    Obrigada!
    Um Abração!

  20. Bom dia Rey!!!
    A minha situação é essa:
    ” Se estiver na conta do seu cônjuge e a conta não for conjunta, isso deve ser explicado em uma “letter of explanation”. Nesta carta, o seu cônjuge declara que esses fundos estão disponíveis para a mudança de vocês para o Canadá.”
    Você sabe dizer onde acho algo parecido com um modelo ou uma orientação do que colocar especificamente nessa carta?
    Muito obrigado!!!

  21. Ola, Rey!

    Parabéns pelo blog! De longe o melhor que já tirando dúvidas sobre o express entry. Acho que você verá meu nome aqui com uma certa frequência.. rs

    Bom minha dúvida, é bem simples, e só quero uma opinião por desencargo de consciência. No dia de hoje tenho o dinheiro já em uma conta poupança por até mais de 06 meses no Brasil, mas digamos que o valor é bem próximo do exigido eu diria, considerando a cotação do câmbio de hj.

    Por medo de uma variação do câmbio tenho medo que faltem alguns doláres até recebermos nosso ITA.

    Mas a real questão é, hoje já moro no Canadá, e minha esposa já trabalha por mais de 06 meses (e eu inclusive trabalho também, mas part time por causa do college), uma vez que no site está escrito:

    “If your spouse is coming with you, you can count money you have together in a joint account. You may be able to count money in an account under their name only, but you must prove you have access to the money.

    If you are invited to apply, you must give written proof that you have this money.”

    E hoje temos uma conta conjunta, que ambos tem acesso, com depósito mensais de nossos empregadores, voce acha que teremos que fazer comprovação financeira com os valores que temos no Brasil?

    Obrigado,

    Flavio

    • Flavio, tudo bom? Agradeço demais o elogio viu? Olha só, a gente fez o processo pelo Federal Skilled Worker (FSW) que é uma das categorias do EE. Vocês por estarem no Canadá podem optar esperar um ano de Canadá e aplicarem pelo Canadian Experience Class, essa categoria não é exigido o valor do proof of funds pelo o que eu saiba, é sempre bom verificar o site do CIC. Porém, se não quiserem aguardar, aí precisa ter o dinheiro do proof of funds para aplicar pelo FSW. Espero ter esclarecido um pouquinho. Abraços!

  22. Olá, tudo bem? no caso do casal ir, com um fazendo college e o outro com o visto pra trabalhar, se não tiver essa grana, vi que um membro da familia pode se comprometer a custear o resto, como isso funciona? é de facil aceitação? no caso minha esposa iria estudando e o pai dela ficaria como sponsor.

    att

    • Vinicius, tudo bom? Olha, realmente quando o pessoal faz a vinda por meio do Study e Work permit, tem sim muita gente que usa o sponsorship de algum parente. Infelizmente eu não sei te dar maiores informações pois não foi isso que nós fizemos viu? Eu sei que é aceito se os fundos forem suficientes sim, mas não sei como funciona, qual o valor que precisaria ser comprovado e etc. Te aconselho a buscar no canadavisa forum! O link está na barra a direita do blog. Abraços e boa sorte!

  23. quando nao se tem o dinheiro todo e usa um sponser, ele precisa ter esse dinheiro na conta? ou o fato dele ter um emprego estável(servidor publico) um salário tipo 10/11 mil, já seriam suficientes?

    • Vinícius, eu não sei se é possível usar sponsor para visto de residente permanente! Juro para você que não sei te dizer se é possível ou não. Acho uma boa você buscar no canadavisa forum! Abraços!

  24. O dinheiro da prova de fundos pode estar numa conta nos EUA?
    Apesar de morar no Brasil, pensei em abrir uma conta nos EUA e manter o valor da pof em dólares pra proteção cambial.

  25. Eu tenho a maior parte da grana em fundos de investimento. Posso sacar imediatamente ou transferir pra conta corrente. Acham que isso é aceito? Mesmo que eu transfira pra conta corrente agora, nos últimos 6 meses eles não estavam na conta corrente, então creio que não adianta. Então estou contando que aceitem os fundos de investimento.

    Outra dúvida é: algum problema se na carta do banco tiver MAIS que o que informei no express entry profile? (no EE profile estou declarando o minimo necessario + uns 10%) Não quero informar 100% pois sei que vou gastar com passagens e whatnot

    • Carlos, não temos como te afirmar 100% sobre a sua situação pois no nosso caso foi diferente. Aconselho procurar no canadavisa forum se alguém já fez desta forma e deu certo para garantir. Sobre ter mais do que o que você informou, eu acredito que não tem problema algum. Abraços!

  26. Ola Rey! Muito obrigada por todas as informacoes tenho usado muito o blog de voces como referencia, agora tenho uma pergunta: sou a aplicante principal mas o dinheiro esta na conta do meu marido, nos fizemos a carta direitinho dizendo que ele vai usar esse dinheiro para nossa aplicacao. Agora a duvida ‘e, eu ponho isso na LOE ou no arquivo de proof of funds mesmo? Tema alguma ideia? Obrigada!

    • Barbara, obrigada pelo elogio! Então eu faria uma breve menção na LOE principal e faria uma carta detalhada que iria juntamente com o arquivo em pdf do POF. Lembrando q isso é só uma ideia, pq foi o que eu fiz com outras coisas. Abraços!

  27. Olá! Por favor, como vocês enviaram o $$ para o Canadá? Nós também vendemos um imóvel e gostaríamos de saber qual a melhor forma de enviar o dinheiro. Melhor abrir uma conta em algum banco por aí? Obrigada!

  28. Olá, li em alguns lugares que o valor precisa estar disponível em conta por pelo menos 6 meses. Essa informação procede?

    Preciso de ter o valor total do Proof of Funds na minha conta intactos durante 6 meses para poder aplicar?

    Obrigada.

    • Marina, isso aí é o que a maioria dos consultores de imigração recomenda. Se você conseguir provar tranquilamente por A+B que o dinheiro na sua conta veio de algum local que já pertencia a você, talvez não precise. Tem esse post aqui que falamos sobre como montamos nossos DOCS do PoF do EE, e explica como comprovar isso aí. Abraços

  29. Olá, boa tarde!

    Parabéns pelas informações do Blog, gostaria de tirar uma dúvida, se possível.

    Pretendo ir com minha esposa para o Canadá na metade do ano que vem, atualmente estou na etapa de fazer a prova do IELTS para depois poder criar nosso perfil no EE. Minha esposa tem uma filhinha, porém, de início, só iríamos eu e ela e 6 meses há um ano depois, traríamos a criança. Saberia me dizer como isso funciona no EE? ao criar o perfil preciso informar que elas serão minhas dependentes, porém como só ira eu e minha esposa de imediato, o dinheiro que iremos comprovar precisaria ser para os 3 ou somente para nós 2?

    Outra dúvida, essa quantia precisa estar em conta conjunta ou podemos ter contas separadas e usar o dinheiro p comprovar?

    Espero ter conseguido explicar, rs.

    Obrigado pela atenção.

    • Alex, tudo bom? Agradeço demais o elogio. Olha sobre o seu caso da filha da sua esposa, eu não sei te dizer. Aconselho buscar um consultor de imigração que é quem realmente é permitido a te aconselhar sobre isso ou procurar casos semelhantes no Canadavisa fórum. O link do fórum está na lateral direita do blog. Sobre as contas, detalhamos tudo sobre os documentos para o proof of funds nesse post aqui. Abraços!

  30. Hello guys, parabens pelo blog.
    Entao, tenho uma duvida pois pretendo aplicar pro EE mas como ja estou no Canada, vou pegar a comprovacao com o Banco daqui pois ja estou trabalhando ja (infelizmente nao em NOC 0, A ou B, mas entry level). Anyways, a questao eh que eu recebi doacao dos meus pais em dinheiro para ajudar na aplicacao. Nesse caso, eu terei que fazer (meus pais no caso) uma Gift Deed pra comprovar que foi uma doacao sim? Entao, essa carta deles expressando a doacao pode ser em portugues sim? Autenticada em cartorio? Ae depois eu enviaria pra traducao juramentada.

    Assim, fora essa carta comprovando a doacao e os documentos do banco aqui do Canada, eu ainda faria uma carta explicando de onde vem o dinheiro etc. Tudo isso depois de ter os 12 mil e poucos CAD na conta por 6 meses sim ??? =(

    Obrigado pela atencao.

    • Pedro, tudo bom? Olha, nós não fizemos dessa forma, então não posso garantir que daria certo. Tem muita gente que faz com gift deed, eu aconselho procurar nos fóruns, como o canadavisa. Sobre ter o dinheiro na conta por 6 meses, isso é meio que uma garantia que muitos consultores pedem, mas não etá escrito em lugar nenhum do site do governo canadense que isso é obrigatório. Boa sorte!

  31. Olá,
    Gostaria de parabenizá-los, pois o site é muito bom e nos ajuda muiiiito!
    Tenho olhado nos sites e não estou achando….tenho uma dúvida.
    Para a comprovação de fundos, tenho que comprovar o valor que eu informei que vou levar para o Canada na minha aplicação ou o valor mínimo solicitado na tabela do CIC?
    Hoje eu tenho o solicitado na tabela, mas não tenho o que informei ainda, pois ainda estou vendendo algumas coisas. Estou na dúvida se altero o valor que coloquei antes do ITA, mas tenho medo de estar muito perto do limite e ser negado (já li que é bom ter um pouco a mais)!
    Obrigada!

    • Paula, eu realmente não entendi sua dúvida. Se você já recebeu o ITA, mas por exemplo, devido a cotação e flutuações o valor alterou, você pode modificar o valor declarado antes de enviar a comprovação com os documentos. Agora para enviar a documentação você tem que ser capaz de comprovar o valor que declarou no seu processo. É bom também acrescentar uma LOE explicando por que a mudança de valores entre o pre-ITA e após quando do envio dos documentos. Aconselho dar uma pesquisada no Canada visa Forum. Eles podem ter casos que sejam semelhantes e fique mais claro! Abraços!

  32. Parabéns pelo conteúdo! Muito legal.
    Tenho 2 dúvidas:
    1- no momento de mandar os extratos, supondo que tenha R$x e depois por algum motivo aumentou o valor. Imagino que eles tenham problema só se o valor diminuir, né?
    2- quais papéis da comprovação de fundos vcs traduziram ? Precisa traduzir o extrato completo, por exemplo?

  33. Rey primeiro gostaria de parabenizar vcs pelo conteúdo do site, ta ajudando bastante a planejar a ida pro Canadá.

    Mas eu tenho uma dúvida com relação ao Proof of funds, o valor que tem que declarar em conta para dois membros da família que hoje seria $15531, cada um dos dois ( no meu caso eu e o meu namorado) tem que ter essa grana separadamente em conta, ou esse seria um valor total dos dois ?

    • Ana, DEUSMELIVRE se fosse separado! Eu não estaria aqui hoje! HAHHAH O valor para família de 2 pessoas é um valor para o casal juntos. Abraços!

      • Rey… Mas sobre o caso da Ana Carolina, eles só podem declarar o valor juntos se eles foem casados ou terem união estavel, certo?
        O estado civil “namorando” não se encaixa para o CIC como família, certo?

        • Ei Mari! Pelo o que eu entendi você quer saber se o valor de casal pode ser considerado para namorados. Nesse caso, pelo o que eu sei não é possível não! Acredito que pelo CIC para contar como uma unidade familiar tem que ser casado ou por meio de união estável. Aconselho sempre procurar no canada visa forum para tirar essas dúvidas! Abraços!

  34. Olá, minha pergunta é a seguinte: Por causa da situação política atual do Brasil, a tendência é que ocorra uma desvalorização maior ainda da nossa moeda, de maneira que gostaria de minimizar as perdas investindo na compra de dólares a partir de agora. Nesse caso eu poderia comprovar esses fundos através dos comprovantes de compras da moeda estrangeira, certo? Mas vi em um site que alguns oficiais do consulado não aceitam esses comprovantes. Você tem alguma informação sobre isso? Será que investir na compra de dólares poderia prejudicar de alguma forma a minha comprovação de fundos?

    Desde já agradecida.

    • Adri, tudo bom? De acordo com o site do cic (link no post) qualquer comprovação tem que ser feita por uma instituição financeira (bancos). Nunca vi nada sobre comprovação dólar em papel moeda, e honestamente se nem imóveis podem ser utilizados na comprovação de fundos, não vejo como seria possível utilizar papel moeda. Aconselho buscar mais informações no canada visa forum. Eu segui as orientações que encontrei lá e tinha o dinheiro todo em conta corrente. Entendo a preocupação, mas não devemos nos desesperar nesses momentos, pois a economia no Brasil é muito sensível e imprevisível. Lembrando que em 2015 tivemos uma das maiores subidas do dólar e até essa foi reduzida (um pouco, nunca tudo heheh). Recomendo muito que vocês tentem compensar as perdas investindo em títulos de liquidez diária. Já tive relatos aqui nos comentários de pessoas que usaram títulos (tesouro direto) para a comprovação. Abraços!

      • Muitíssimo obrigada pela resposta!
        Seu blog é uma ótima fonte de informações para quem tá nessa jornada de pesquisas!
        Certamente procurarei ir pelo caminho que de fato é mais seguro (comprovação através de dinheiro em conta mesmo). Sobre investimentos em tesouro direto eu já tinha começado a pesquisar sobre isso há alguns meses e darei prosseguimento a essa pesquisa!
        De qualquer forma, pensando direitinho, o dinheiro que iríamos investir pra compra de dólares seria apenas uma parte do total que pretendemos levar… o valor necessário (que o governo pede) já estaria garantido no banco (é o que pretendemos! hahaha)… mas pesquisarei mais sobre investimentos e Pof!

        Abraço!

  35. Olá, Rey!

    Parabéns pelo ótimo conteúdo do blog inteiro. Acompanho as postagens há um bom tempo e agora estou reunindo documentação para meu processo imigratório. Eu e meu marido no momento estamos com a seguinte dúvida sobre a carta do banco: o valor de cotação que eles utilizarão para emitir a carta será comercial ou turismo? Pergunto porque, dependendo do tipo de cotação, o dinheiro que temos em conta hoje já suficiente para comprovar os fundos.

    Obrigada!!

  36. Olá, acabei chegando no post por acaso hehe. Uma dúvida, vocês imigraram somente com o valor mínimo exigido ou tinham uma gordura a mais caso algo não saísse como o planejado? Sempre vejo os vídeos/sites dizendo que esse valor mínimo exigido para imigrar não condiz com o custo de vida real das cidades…

    Muito obrigado

    • Ei Fabio, tudo bom? Para responder a sua perguta, acho bom contextualizar. Precisar ou não de uma reserva maior vai sempre depender da sua empregabilidade. Ou seja, de quão rápidas costumam ser as contratações na sua área. No caso do Han, ele é programador, e isso nos deu muita tranquilidade que a contratação não demoraria muito. Não tínhamos muito mais dinheiro do que o pedido pela imigração, mas tínhamos um pouco a mais sim. Como o Han conseguiu emprego bem rápido, nem precisamos trazer todo o dinheiro que possuíamos em reserva. Se a sua área não possuir uma boa empregabilidade é sempre aconselhável ter aí entre 6 meses a 1 ano de custos disponíveis para cobrir as depesas se necessário. Espero ter ajudado! Abraços!

  37. Uma dúvida. Se eu tiver esse dinheiro em uma conta, preciso correr atrás de cartas de outras contas/corretoras minhas? É que estou tendo dificuldade de conseguir cartas de todas as corretoras. Será que preciso colocar todas as contas?
    Bjs

    • Carol, tudo bem? Segundo o pessoal do Canadavisa forum não precisa colocar todas as contas e corretoras não! Somente o que for necessário para completar a quantidade de dinheiro pedido com alguma folguinha devido ao dólar. Abraços!

  38. OI REY TUDO BEM?
    ADORO O BLOG VCS ESTÃO ME AJUDANDO D+ MESMO .
    SÓ TENHO UMA DUVIDA NÃO SEI SE VC PODE ME AJUDAR.
    SE EU TENHO CONTA EM MAIS DE UM BANCO E ESTIVER FAZENDO TRANSFERÊNCIA MENSALMENTE PARA APENAS UMA POUPANÇA (ONDE VAI ESTAR O VALOR TOTAL PARA COMPROVAÇÃO) PRECISO ENVIAR CARTA E EXTRATO DOS DOIS BANCOS OU SO DAQUELA CONTA ONDE O DINHEIRO ESTA?

    • Ei Amanda! Fico feliz que o blog está ajudando! Isso que você perguntou vai depender de quanto tempo o dinheiro já vai estar nessa poupança. Se for menos de 6 meses, talvez você precise dos outros extratos para comprovar que é você mesma que está fazendo essas transferências. Temos mais detalhes sobre isso nesse post aqui. Abraços.

  39. Oiii tudo bem?
    Eu adorei o seu blog, está ajudando muito. Estou com algumas duvidas sobre a comprovação de fundos.
    – eu verifiquei que hoje é necessário 12.669 CAD que daria R$35.473,20 (na cotação de R$2,80), mas para uma pessoa ter esse dinheiro parado por 6 meses ela teria que ter um salario de mais de R$25.000 para conseguir pagar suas contas e ainda guardar dinheiro, é isso mesmo?
    – no meu caso, eu sou solteira e não tenho nenhum imóvel ou carro (só tenho 24 anos) e meu salário não chega a ser nem 1/5 dos R$25.000. No caso a imigração é somete para pessoas com alto padrão de vida? Não teria outra opção para pessoas na minha situação?
    – você teria alguma dica referente ao “proof of funds” para pessoas que estão na mesmo situação? Que são muito jovens e ainda não tem uma estabilidade financeira.
    Muito obrigada!
    Fico no aguardo.

    • Carolina, tudo bom? Olha só, eu não entendi a sua relação entre dinheiro guardado e salário mensal. O que você quis dizer com isso? Dinheiro guardado é dinheiro guardado, não importa quanto você ganha por mês para o governo Canadense ok? Se você quer dicas para guardar dinheiro para futuramente ter o valor do proof of funds disponível na conta, eu recomendo assistir um vídeos do canal de youtube ME POUPE. Nele existem várias dicas para você começar a poupar e até investir para seu dinheiro crescer mais rapidamente. É isso lindona! Espero ter esclarecido. Abraços!

  40. Olá, parabéns pelo blog, aborda praticamente todos os pontos da imigração (além das excelentes dicas) e está nos ajudando muito.
    Vi em um vídeo no YouTube que para conseguir o visto canadense é necessário ter declarado imposto de renda no Brasil, porém não lembro de ter lido isso no proof of founds, apenas a carta do banco e possíveis extratos.
    No caso de uma imigração via express entry alcançando a pontuação, é necessário a declaração de ir do ano corrente do aplicante a acompanhante?
    Desde já, muito obrigado e parabéns pelo blog 😉

    • Carlos, eu acho que talvez o video que vc assitiu era pra outro tipo de visto (não o visto de PR). No nosso caso só enviamos as informações bancárias que listamos no post ok? Não enviamos IR hora alguma. Lembrando que eu só posso falar sobre o que nós fizemos no nosso caso já que não sou consultora de imigração e nem sei sobre todos os vistos possíveis do canadá. Abraços.

  41. Olá, gostaria de tirar uma dúvida, li que para express entry não se pode ter o dinheiro na conta em forma de empréstimo, mas para tirar visto de estudante posso ter fundos no banco e no imposto de renda ter declarado como empréstimo do meu pai?

    Meu pai transferiu para mim o valor para eu estudar no Canada, e no IR declarou como empréstimo, na hora de declarar os fundos para a imigração eu preciso enviar IR? Se sim o fato do dinheiro estar como empréstimo tem problema para o visto de estudante? Muito obrigado!

    • Raphael, tudo bom? Olha, eu não fiz visto de estudante, e nem usei alguma forma de “empréstimo” quando fiz meu processo. Se você der uma buscada nos nossos comentários, tem algumas pessoas relatando ter usado essa forma de financiamento dos pais. Normalmente o pai precisa fazer uma carta alegando que ele está DANDO o dinheiro e não emprestando. Agora que eu saiba, não existe a necessidade de enviar IR para nenhum tipo de visto, mas isso você teria que investigar melhor. Recomendo fuçar o CANADAVISA FORUM. O link do forum está aqui do lado na lateral direita do blog. Boa sorte no seu processo! E se precisar de um apoio no IELTS conte com a gente! Abraços!

  42. Vocês ainda respondem nesse post?

    Tenha uma dúvida que não encontro a resposta em lugar algum: O dinheiro na conta corrente para comprovação dos fundos pode estar em real, certo?

    Eu e minha irmã estamos planejando imigrar daqui 3 anos, cada um pretende juntar CAD$ 15 MIL, mas não é possível ter uma conta em dólar no Brasil (pra já ir convertendo com o tempo a grana juntada e ter minha reserva em dólar canadense). Então minha dúvida é se você pode mandar o comprovante da conta em reais com 45 mil reais, por exemplo, e aí a própria imigração faz a conversão baseada nos valores do dia. Ou é o banco que emite essa declaração com os valores já convertidos?

    Poderia esclarecer esse ponto? Não acho essa resposta em lugar algum!

  43. Olá! Meu nome é Kamila, sou biomédica e estou a me candidatar pro Express entry,
    Moro no Rio de janeiro, e há 1 mês decidir por imigrar, confesso q me assustei, com todo montante q precisarei. Pois estou no processo de contratação de uma consultoria e juntar para entrar no país.
    Assisti seu vídeo no canal de YouTube: fourcanada
    Algumas dúvidas sobre o processo surgiram.
    Ao chegar no Canadá, vc já será encaminhado para alguma vaga de emprego?
    Há alguma capacitação antes de assumir a vaga?

    • Oi Kamila! Fico feliz que me viu no video do Four Canadá. Espero que tenha gostado do video. Eu acho que você está confundindo algumas coisas sobre emprego. Temos esse post aqui sobre como o meu marido arrumou o primeiro emprego dele no Canadá e o processo seria igual, não importa a área de especialização. Outra coisa é que aqui no blog temos o passo-a-passo de como fizemos nosso processo e no nosso caso não contratamos consultoria. Recomendo ler o nosso FAQ. Conte com o nosso blog e a área de comentários para tirar dúvidas quando necessário! Abraços!

  44. Olá, gostei muito do blog, parabéns. Tenho uma dúvida, no caso, se minha mãe me depositar o valor de 35 mil reais e eu deixar por 6 meses esse valor na minha conta, isso já conta para comprovação de fundos? Ou tenho que falar que eu recebi essa doação da minha mãe ? No caso ela irá me dar o dinheiro para ir para o Canadá.

    • Luiza, muita gente faz doações e não espera o prazo de 6 meses. Para isso é necessário que o doador faça uma LOE dizendo que não quer o dinheiro de volta. Ou você pode receber essa doação e esperar 6 meses no mínimo. Fica a seu critério sempre. Recomendo lógico investigar o canadavisa fórum e o site do governo antes de tomar a decisão final sobre como proceder. A gente aqui só dá informações baseado no que fizemos ou no que nossos leitores informaram ter feito e ter dado certo. Abraços!

      • O que é uma LOE? Obrigada por me responder rapidamente. Então se minha mãe me doar o dinheiro, seria válido? Dai ela não seria considerada sponser ?

  45. Olá! Seu site é realmente muito bom, tanto que já virei sua aluna. Pergunta é, a comprovação é feita na cotação comercial ou na cotação de “compra de papel”, porque varia pelo menos uns 30 centavos e faz diferença no montante total.
    Obrigada desde já.

    • Daphne, antes de tudo: obrigada viu?! Pela confiança e pelos elogios! Nós fizemos usando o site do bank of canada, explicamos em detalhes nesse post aqui. Acho que aí fica mais claro pra você! Abraços!

  46. Adoro seu blog!!! Muito bem escrito e esclarece muitas dúvidas! Sobre o proof of founds: uma vez estando no Canadá (com open work visa aprovado), uma vez que receber o ITA, ainda vai precisar do Proof of Founds? No caso do Express Entry, para o Federal Skilled Worker Program… Obrigada!

    • Anna, o que você está perguntando na verdade é se você vai cair no Federal Skilled Worker ou se vai cair no Canadian Experience Class. Recomendo buscar no google sobre esses dois programas com a palavra chave CIC e ler os requisitos de cada stream de imigração. Abraços!

  47. Oi Giovanna, eu tenho uma duvida sobre financiamento de imovel no PoF: Eu tenho todo o valor que preciso provar na minha conta X, porem meu apartamento é financiado pelo banco Y (2/3 do valor ja esta pago), algumas pessoas me informaram que uma vez que todo meu fundo se encontra no banco X e que financiamento imobiliário não é considerado “outstanding debit or Loan” eu só precisaria apresentar os extratos e carta de idoneidade apenas do banco x até por que para fazer essa carta o banco pega informações do Serasa. Essa informação me pareceu razoável mas tenho medo de que isso possa causar algum problema (como por exemplo a imigração achar que eu escondi o financiamento) ou se o melhor seria pegar os extratos do banco Y também e escrever uma LoE explicando que o apartamento será alugado assim que eu adquirir o PR (me falaram que pode ficar confuso e eles acharem que estou querendo usar o meu apartamento como prova de renda o que não é possível). Voce sabe se declarar apenas o banco onde eu tenho fundos é o mais aconselhável?

    • Tata, nós possuíamos um apartamento financiado em outro banco e não falamos sobre tal em momento algum. Acho que você está querendo confundir o oficial de imigração com isso. O que importa é que você tenha a carta do banco X com o valor necessário para imigrar. Funcionou para gente e em momento nenhum falamos desse financiamento para a imigração. Lembrando que essa é a nossa experiência e que não somos consultores de imigração. Faça sempre o que você pesquisar e achar mais correto ou procure orientação profissional ok? Abraços!

  48. Olá Giovanna,
    Primeiramente, parabéns pelo blog. As informações tem ajudado muito minha esposa e eu no processo do Express Entry.
    Quanto a minha dúvida, gostaria de saber, por gentileza, se quando for apresentar os documentos para comprovar o valor exigido pela imigração é necessário apresentar a carta e extratos de todas as contas bancárias que o aplicante principal (minha esposa) possuí, como bancos e corretoras de investimentos, ou só da conta em que ele possuí o montante necessário? Além disso, eu como acompanhante também preciso apresentar uma carta e extratos da minha conta bancária (conta só em meu nome)?
    Muito obrigado!

    • Caue, nos falamos sobre esses detalhes nesse post aqui. Relatamos como montamos os documentos sobre proof of funds. O spouse está incluso no processo pelo aplicante principal, e é o aplicante principal que precisa comprovar o financeiro. Pelas nossas pesquisas na época, concluímos que só era preciso a conta onde estava o dinheiro necessário, porém é preciso extratos por 6 meses dessa conta. Tá tudo explicadinho no post. Abraços!

  49. Olá Giovanna, tenho uma dúvida em relação ao proof, tentarei imigrar sozinha, mesmo sendo “casada”, tenho união estável por pelo menos 8 anos, meu marido tem o valor necessário na conta dele, ao fazer simulação de pontos no site, coloquei a opção de que meu commom law não iria comigo para o Canadá. A pergunta é, será que consigo comprovar a situação financeira dele como proof no meu caso. Ou teria que abrir uma conta conjunta. Pelo que andei pesquisando, todos que tem conta conjunta, o parceiro iria junto para o Canadá. No meu caso não. Ir sozinha mesmo sendo “casada” impediria minha ida? Não tenho todo o valor ainda para ir sozinha, enviei meus certificados e históricos para a tradutora. Não sei se abro uma conta conjunta já, ou tentaria por uma LOE explicar a minha situação.

    Obrigada! Vcs são demais!

    • Viviane, eu não tenho como te garantir o que vai funcionar no seu caso. Você tem duas opções, procurar no CANADAVISA forum um caso exatamente igual e ver se deu certo no final ou procurar um bom consultor de imigração que tenha chances de já ter passado por essa situação com outros clientes e possa te orientar. Boa sorte!

  50. Boa tarde, tenho uma dúvida a respeito da comprovação, estudantes que viajam recebendo bolsa de estudo (canadense) também precisam comprovar esse valor?

    Obrigada!

    • Mariana, se você estiver se referindo a comprovação de valores para imigrar via Express Entry, sim é sempre necessário. Se você está falando de comprovação de valores para o seu período de estudos com bolsa de estudo, eu honestamente não sei. A melhor pessoa para te orientar quanto a isso é o seu contato na universidade ou escola que está oferecendo a bolsa de estudos. Abraços!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui