O que é CLB no Express Entry? Quais provas de inglês eu preciso/posso fazer? Quantos pontos eu consigo ganhar com o inglês? Hoje vamos ajudar vocês a esclarecer essas questões referentes ao inglês no Express Entry.

 Programas de Imigração do Express Entry

O Express Entry é o programa de imigração para as classes econômicas. O que isso significa? Que esse é o programa para praticamente todo mundo, menos os refugiados. Dentro da Classe Econômica temos 3 programas:

Cada um desses nomes te levará pro site do Governo Canadense que explica em detalhes o que caracteriza cada grupo. Mas já adianto, se você está no Brasil, você provavelmente tentará se qualificar para o Federal Skilled Worker (FSW) program.

Você terá que verificar se a sua profissão enquadra em alguma das National Occupational Classification listados. Talvez se a sua profissão for mais técnica você se enquadraria no Federal Skilled Trades program.

Se você foi para o Canadá por college ou com um work permit antes de aplicar pro EE, você pode se enquadrar no Canadian Experience Class. Acho que deu pra resumir bem não?

Pois é, de qualquer forma em qualquer programa desses, você vai precisar comprovar seu nível de inglês! Como isso é feito? Através de prova de proficiência!!! 


Prova de proficiência?! O que é isso?

Primeiro, tratemos de proficiência. Proficiência é sinônimo de habilidade, competência em algo. No mundo existem algumas instituições que fazem provas que comprovam a sua proficiência/habilidade em línguas.

Cada língua tem a sua instituição, às vezes até mais de uma. No inglês, as instituições mais famosas são Cambridge English Language Assessement e o Educational Testing Service ETS.

Por que essas são as instituições mais famosas da área de inglês? Por que elas fazem, respectivamente, o IELTS e o TOEFL, as provas de proficiência de inglês mais conhecidas do mundo.

Para o Express Entry você que está no Brasil tem somente UMA opção: IELTS General Training. A gente já explicou bem sobre o IELTS aqui nesse post. Se você ainda não leu e não sabe muito sobre a prova, vai lá no post e leia, que eu te espero aqui!

Se você está no Canadá você tem duas opções: IELTS General Training e CELPIP. Eu NÃO aconselharia o CELPIP. Apesar da prova ser um pouco mais simples que o IELTS, já soube de experiências negativas de conhecidos e alunos com essa prova.

Eu confio no IELTS e recomendo ele pois é uma prova bem estabelecida já. Você quando se prepara, realmente pode confiar que isso vai cair no IELTS. Já no CELPIP não podemos dizer o mesmo. E os materiais de estudos do CELPIP são escassos.

Precisa se preparar para o IELTS? Veja mais sobre os nossos cursos online e aulas particulares. 

Em qualquer uma dessas provas, você receberá uma nota que define o seu nível de inglês. Ou seja, o nível da sua habilidade com a língua inglesa. Cada prova tem a sua forma de pontuar mas no Express Entry o que conta é a pontuação no CLB – Canadian Language Benchmarks.

E existe uma tabela que faz a equivalência da nota na prova do IELTS com o seu CLB para o processo do Express Entry.

Canadian Language Benchmarks (CLB) e a nota no IELTS

A tabela de CLB-IELTS marca a nota mínima necessária no IELTS para se atingir o CLB referido. Como cada área é contada individualmente, o sonho de todos é CLB 10 em cada uma das áreas. Porém, um CLB 9 costuma dar pontos suficientes para quem tem um bom perfil nas outras áreas (educação/experiência de trabalho).

Com essa tabela também é possível definir qual a nota mínima que você precisa para se aplicar a um dos programas de imigração canadense. Como citamos acima, a imigração canadense tem 3 programas. Cada um desses programas tem um requerimento mínimo.

Abaixo listamos o CLB necessário para cada um dos programas:

  • Federal Skilled Worker Program – CLB 7 para a primeira língua e CLB 5 para a segunda língua.
  • Federal Skilled Trades Program – CLB 5 no speaking and listening e CLB 4 no reading e writing.
  • Canadian Experience Class – CLB 7 se você é NOC 0 ou A, CLB 5 se você é NOC B.

Esses dados são de 2017, certo? Você pode checar se esses dados sofreram alterações aqui nesse site.

Como equivaler o CLB

No IELTS as pontuações vão de 0.0 – 9.0. Uma nota acima de 7.5 no IELTS costuma acontecer para quem já tem nível de inglês avançado.

Consultando a tabela que colocamos aí em cima, nós fazemos a equivalência da nota do IELTS para o CLB. Para simular um resultado, vamos usar o resultado do Han no IELTS:

  • Reading – 7.5 – equivale a um CLB 9 (como não atingiu 8.0, cai na pontuação anterior ok?)
  • Writing – 7.5 – equivale a um CLB 10
  • Listening – 8.0 – equivale a um CLB 9
  • Speaking – 8.5 – equivale a um CLB 10

Resumindo, o Han teve duas áreas com CLB 9 e duas áreas com CLB 10.

Como calcular os pontos de CRS para o seu perfil

Agora vamos ver como isso se transforma em pontos no seu perfil. Para isso vamos consultar o Comprehensive Ranking System (CRS). O CRS é o sistema que diz quantos pontos cada “coisa” vale no Express Entry.

Você pode verificar os pontos e as áreas que valem pontos nesse link aqui. Idade, educação, experiência de trabalho e, lógico, o CLB tem suas tabelas específicas. Vamos à do CLB:

quantos pontos cada clb dá no express entry - clb 7 - 16 pontos em cada área - clb 10 - 32 pontos em cada área

Como podemos ver na tabela, cada habilidade (speaking, listening, reading & writing) pode lhe dar até 32 pontos se você é casado ou tem união estável. Se você for solteiro pode somar até 34 pontos em cada habilidade. Para casais o máximo que você pode atingir com a primeira língua é 128 pontos. E para solteiros, 136 pontos.

Por isso que um bom resultado no IELTS pode te ajudar muito. A área que mais dá pontos no Express Entry são as línguas oficiais – inglês e francês. Se você fizer prova de proficiência das duas línguas e tirar notas máximas pode conseguir até 150 pontos só nessa área! #ficaadica

Então, voltando a nossa simulação do caso do Han. Como ele teve duas áreas de CLB 9 ele ganharia (se fosse o aplicante principal) 29 pontos em cada uma delas. Essas duas já dariam 58 pontos. Somado a elas, teríamos duas áreas com CLB 10, que ele ganharia (se fosse o aplicante principal) 32 pontos em cada uma delas. Esses dois CLBs 10 somados seriam 64 pontos.

No total, o Han como aplicante principal teria 64 + 58 pontos = 122 pontos. No nosso caso como eu fui a aplicante principal, e tive três CLBs 10 e um CLB 9, eu totalizei 125 pontos.

Calculando os pontos do parceiro

O Han como esposo segue outra tabela para a pontuação dele. A tabela para parceiros é essa aqui embaixo:

pontos por clb para esposo esposa parceiro união estável clb 7 ou 8 são 3 pontos por habilidade

No caso do Han como ele teve CLB 9 e 10, ele conseguiu o máximo de pontos para o parceiro, que são 20 pontos. No total, nesse área nós conseguimos 145 pontos. \o/

Só não foi o máximo de pontos pois meu writing foi maltratado pelos corretores do IELTS. Pensamos até em pedir o remark mas não valia a pena o tempo de espera – são 2 meses para fazer o remark! A nossa pontuação total já era muito boa (480 pontos), era melhor aplicar logo.

Calculou a sua pontuação?

Agora com todas as informações e explicações deve ficar mais fácil de você calcular a sua provável pontuação nessa área. Se você já fez o IELTS, conta aí para gente nos comentários!

Muita gente acaba refazendo a prova por não dar a devida importância ao peso que ela tem na sua pontuação do Express Entry. Você agora já sabe o quão importante o IELTS é! Estude, se dedique e não faça a prova de qualquer jeito. Afinal só a prova custa hoje 800 reais no Brasil né?!

E se quiser um apoio profissional, entre em contato com a gente.

Eu já preparo alunos para o IELTS a mais de 6 anos. Fora que nossos resultados não mentem né? A gente foi super bem na prova! 😉


70 COMENTÁRIOS

  1. Acabou de sair meu resultado do IELTS. Também fiquei com 3 CLBs 10 e um 9 (justamente no writing, eles estão judiando mesmo). Minha pontuação junto com a minha esposa é de 459 pontos, então acho que também não vou pedir remark, já que os últimos draws foram bem abaixo disso. Mais uma vez obrigado pelas informações que vocês disponibilizaram, espero que tudo de certo pra nós também o/

    • Ei Luis!!! Parabéns pela nota no IELTS! Foi ótima! E Que ótima a pontuação de vocês! Vocês vão pegar um ITA no próximo draw provavelmente! Eu se fosse vocês não pediria remark mesmo não.

      Quando vocês pegarem, voltem aqui para contar pra gente e para gente comemorar com vocês ein!!! Estamos torcendo por vocês.
      E no mais, nós que agradecemos a leitura, a curtida no face, os comentários e o carinho!

      Abraços,
      Rey
      Casal Nerd no Canadá

    • Olá Luis, estou com o IELTS marcado para maio, tenho muitas dúvidas sobre como é a prova, do tipo: na parte do listening é um rádio para todo mundo? Já vi pessoas falando em fone de ouvido, fiquei em dúvida… E o restante como foi?? Você tem alguma dica??? Como foi o restante da prova?? E como é?? #nervosa #socorro

      • Oi Carina tudo bom?!
        Não sei se o Luis vai chegar a ver a sua mensagem então vou tentar te ajudar. Na hora do listening é um audio para todas as pessoas sim. Não existe o uso de fones de ouvido para o IELTS no Brasil. Acontece o uso de fones de ouvido no TOEFL.

        Fique tranquila e estude o formato da prova que isso fará diferença na hora. Nós temos posts com dicas sobre reading e sobre speaking.

        Espero que possam te ajudar! Se precisar de mais orientação eu mesma forneço orientação para o IELTS via Skype e presencial. Pode mandar o seu contato pela nossa página de contato, ok?

        Abraços,
        Rey
        Casal Nerd no Canadá

  2. Boa noite, pessoal! Parabéns pelo blog! =)
    Estou atormentada por uma dúvida que não consegui tirar no CIC, quem sabe vocês me respondem:
    Na luta pelo sonhado CLB 9, fiz o IELTS GT e tive somente dois CLBs de 9 pra cima:
    R – 9 / W – 6,5 / S – 7 / L – 6,5.
    Achei a nota do Writing injusta, acredito que subiria fácil para 7 caso eu solicitasse recorreção.
    Porém, minha dúvida é:
    Digamos que eu faça o IELTS novamente em breve e dessa vez consiga CLB 9 nas sessões que faltaram, mas que minha nota caia nas sessões onde fui bem na prova anterior. Na hora de fazer meu profile no Express Entry eu posso usar as notas mais altas de cada um dos testes?
    O CIC fala que se enviarmos mais de um teste de proficiência válido, eles aproveitarão o que tiver maiores notas, mas não fica claro se essa comparação é feita sessão por sessão (listening de um versus listening do outro, etc) ou se eles usarão o teste que tiver tido uma média maior. Estou procurando feito doida e não encontro essa informação, rs!
    Já agradeço pela atenção e um grande abraço!

    • Olá Lu! Tudo bom? Muito obrigada pelos parabéns. Agora vamos a sua dúvida. Então, não é possível usar partes de resultados de provas diferentes. Você sempre usará os resultados em todas as áreas de uma só prova no seu processo. Para ficar mais claro, se você fizer uma nova prova, você vai receber um novo Test Report Form com um novo Test Report Form Number. Você precisa desse Test Report Form Number para poder se cadastrar no pool do Express Entry. Você portanto só pode utilizar os resultados recebidos naquela prova específica.

      Eu não aconselho enviar mais de um Test Report Form pois um será desconsiderado e é melhor você mesma decidir qual prova quer apresentar ao CIC. Eu acredito que teoricamente eles usariam a prova com a média maior, mas isso pode não ser tão bom para você, entende?

      Agora quanto ao remark. Se você pedir remark saiba que demora 2 meses para eles enviarem o resultado e eles sempre demoram o máximo de tempo possível para tal. Nunca vi! Então se você não quiser esperar dois meses, aconselho estudar um pouco mais e realizar a prova novamente daqui a umas 3 semanas (se tiver vaga né? hehehe). Eu devo confessar que o seu writing ainda está dentro dos padrões. Eles fazem coisas muito piores em avaliações de writing. A correção do writing é cruel MESMO. Tente melhorar seu listening que já te ajudaria bastante não?

      Boa sorte, viu?!
      Abraços,
      Rey
      Casal Nerd no Canadá

  3. Estou adorando o blog, super completo e claro em todas questões. Uma dúvida meu marido é fluente em inglês, ele vai como aplicante principal e eu gostaria de aplicar para estudar o inglês, eu preciso fazer o IELTS?

    • Olá Fernanda! Tudo bom? Muito obrigada pelos elogios.

      Olha eu acho que você está confundindo dois processos. Existe o Express Entry, no qual você já entra no país como residente permanente e tem quase todos os direitos de um cidadão canadense. O outro é quando a pessoa vai para estudar, aí ela precisa tirar um visto de estudo se for um college e se for para estudar inglês seria necessário um visto de turismo.

      No caso, se o seu marido fizer um perfil no Express Entry e após fazer todo o processo descrito aqui nesse passo a passo ele tiver pontuação suficiente, receber um ITA, mandar os documentos e for aprovado, você já iria como conjuge dele e por isso não precisa de visto específico para estudar nada, entende?

      Caso ele não consiga somar pontos suficientes para receber um ITA, aí vocês podem verificar outras possibilidades. Acredito que se vocês lerem outros posts aqui do blog vai ficar mais claro para vocês como que funciona isso tudo.

      Abraços,
      Rey

  4. Entendi! Estou lendo todo dia um pouco dos seus posts está ajudando muito. Esse passo a passo ainda não tinha lido, é muito bom.

      • Olá, Rey. Em teste de nivelamento do Senac, perguntamos por alto a um professor qual seria a nota que ele achava que teríamos se fôssemos fazer o ielts.

        Ele disse que entre 3 e 4 no speaking. Nós sabíamos que essa era nossa fraqueza e não ficamos tristes.

        Gostaria de saber quanto tempo vocês acha que seria necessário estudar inglês no Canadá, na modalidade intensiva, para obter um clb 9+ nas skills???

        Sei que não dá pra bater o martelo sobre o tempo necessário. Queria apenas um norte, uma ideia de se seriam 6 meses, 10 meses, 1 ano, ou até menos que 6 meses, sei lá. ahh, e já estamos fazendo 2h por dia 5 dias por semana de inglês no senac (eu no pre intermediário e ela no intermediário).

        Obrigado pelas dicas.

        • Olá Carlos, tudo bom?

          Olha que bom que você já sabe que não dá para bater o martelo no tempo necessário!!! Realmente é muito difícil de determinar isso, pois depende da dedicação de cada aluno. Eu diria a vocês que se vocês intensificassem as horas de exposição ao inglês para pelo menos 6 horas diárias vocês conseguiriam chegar próximos num período entre 1 ano e meio e 3 anos. É bem complexo de ter explicar isso rápido, mas vocês subiriam 4 bands no sistema de classificação do IELTS e os especialistas dizem que são 200 horas de estudo sistemática para subir de uma band para outra. Então é bastante coisa sabe?

          Eu diria que vocês conseguem fazer isso estando no Brasil ou no Canadá. Já tive muitos alunos que viajaram para estudar inglês e confesso que alunos muito básicos não tiram tanto proveito quanto alunos mais avançados.

          Boa sorte e bons estudos viu?
          Abraços,
          Rey

          • Opa. Nossa, que dureza.

            eu acreditava que com esses 5 meses de intensivo aqui, mais 5 meses de intensivo no Canadá, poderia obter a pontuação, nem que fosse no celpip.

            Se for isso mesmo que você está dizendo, então o ideal seria fazer o que a naty fez, pegar 1 ano de curso vocacional com coop, melhorar o i inglês e depois aplicar pra outro curso de 1 ano ou 2 anos. Assim teria mais tempo de canadá para aprender a língua e arrumar diploma canadense que daria mais pontos no express entry.

            Queria estudar inglês e alcançar a pontuação logo pois faço 33 anos em novembro e daqui que eu terminasse 2 cursos no canadá, já teria 35/36 anos, perdendo, assim, muita pontuação.

            Você acha a ideia do curso vocacional uma boa?? tendo em vista essa situação toda que mencionei??

            Abcs

          • Oi Carlos,

            Realmente aprender uma língua no nível de um clb 9 é sempre uma dureza. Honestamente, sendo o mais sincera que eu posso ser contigo, eu não sei te dizer se seria uma boa ideia ou não entende? Eu não pesquisei esse tipo de estratégia e me sinto pouco capaz de opinar. O que eu posso te confessar é que mesmo estando no Canadá, eu não tenho 100% de certeza que o seu nível de contato com a língua inglesa vai ser muito maior. Depois que eu cheguei aqui que entendi por que tantas pessoas vem para cá e mesmo após muitos anos continuam falando um inglês muito fraco: quase ninguém fala um inglês de alto nível aqui. Não no dia a dia, não na rua. Eu quero inclusive fazer um post sobre isso. Mas bem… Eu acho que tudo é uma questão de pontos quanto ao EE. Se vocês vem trabalhar e estudar aqui, hoje vocês já ganham alguns pontinhos a mais para isso, então dependendo da situação e até se vocês considerarem um processo provincial, seria plausível após um período maior e um investimento maior conseguir o PR.

            Eu acredito do fundo do coração que se vir para o Canadá for uma vontade muito grande, qualquer plano traçado irá valer a pena. Porém temos que estar MUITO cientes do custo disso, tanto emocional, quanto financeiro. Chegar com inglês fraco é pegar empregos menos qualificados, é ter oportunidades reduzidas, é passar alguns perrengues no dia a dia e é além disso tudo saber que é preciso se manter estudando para chegar num nível acima do “eu consigo lidar com situações do dia a dia muito bem” pois para CLB 9 e 10 o nível seria “eu consigo entender e me fazer entender dentro de todos os assuntos em níveis de complexidade altos com facilidade”.

            Existem muitos casos de perfis de pessoas até mais velhas que 35 e 36 anos que conseguiram o PR após alguns anos no Canadá e sempre que vejo o perfil delas vejo que o inglês foi sempre a maior barreira. Na minha opinião, o quanto mais vocês puderem investir no inglês ainda no Brasil, para chegarem aqui num nível intermediário para intermediário alto melhor será. Se vocês quiserem uma consultoria com dicas e direções de onde vocês podem ir sem ter custos diários, entrem em contato comigo pelo e-mail contato@casalnerdnocanada.com.br. Eu acredito que uma hora e meia de consultoria e direcionamento poderia ajudar muito vocês a conseguirem reduzir esse tempo e melhorar o aproveitamento dos estudos aí no Brasil.

            Abraços e muito boa sorte,
            Rey

  5. Olá, bom dia! Paranbéns pelo post! Me fez olhar com mais cuidado à proficiência da língua. A minha dúvida é: A partir de quanto é uma pontuação boa?

    • Olá Marcos, tudo bom?

      Que bom que gostou do post. Então, uma pontuação boa é relativa ao seu perfil. Você já leu nossos textos sobre como começar? No texto 1 falamos um pouco do que é preciso e no texto 2 damos informações e links para o simulador de pontos oficial do governo Canadense. Eu diria que para conseguir entrar no FSW a pontuação mínima é 6.0, mas que sem uma pontuação acima de 7.5 costuma ser difícil para pessoas mais velhas e sem mestrado ou doutorado conseguirem uma pontuação legal para o FSW do EE.

      Boa sorte no processo
      Rey

  6. Oi Rey,
    Meu marido será o aplicante principal e já tem a nota duficiente no IELTS. Neste caso, eu preciso também fazer o IELTS ou só ele é necessário por ser o aplicante principal?
    Obrigada!

    • Juliana, tudo bom?

      A decisão se ambos irão fazer o IELTS ou não depende da sua pontuação no EE. Vocês já simularam no CRS TOOL CALCULATOR quando seria a pontuação se você não realizar a prova de IELTS? As vezes o melhor cenário implica em ambos realizarem a prova para ganharem mais pontos. Se você não realizar a prova estarão abdicando dos pontos nessa área e basicamente ficando com pontuação zero no inglês do cônjuge. A decisão deve ser feita pensando se o IELTS aumentaria muito as chances de vocês pegarem um ITA.

      Abraços,
      Rey

  7. Ola Rey,

    Tudo bom?
    Primeiro, estou adorando o blog de voces. Ajuda muito!

    Eu tenho uma pergunta, falando sobre as provas de ingles, voce sabe algo sobre quem se formou nos Estados Unidos? morei 8 anos por la, e acabei de voltar para o Brasil, exatamente para fazer o processo de imigração por aqui. Voce sabe algo sobre isso?

    Obrigada!!

    Marina

    • Marina, tudo bom?

      Com a gente está tudo ótimo! Eu não sei se entendi corretamente. Mas se vc está perguntando se por você ter estudado nos EUA você teria isenção do IELTS, a resposta é NÃO. Falantes nativos de inglês que desejam imigrar para o Canadá também são obrigados a realizar a prova de proficiência. Tenho amigos aqui que são Ingleses e irlandeses que se desejarem ter PR precisam realizar o IELTS ou o CELPIP.

      Boa sorte no seu processo.

      Abraços,
      Rey

    • Oi Lucas, tudo bom?

      Informações oficiais do British Council e do idp Australia não detalham se é possível haver diminuição do seu resultado. http://takeielts.britishcouncil.org/find-out-about-results/questions-about-your-ielts-results ou http://idpielts.me/results/request-a-re-mark/

      Pelo que eu entendo o seu resultado pode permanecer o mesmo ou ter aumento na nota. No caso de aumento você terá direito a devolução do dinheiro pago para o remark. Existem milhões de sites sobre IELTS e cada professor fala uma coisa. As empresas que gerenciam o IELTS são o British Council e o IDP Australia, e eles nunca dizem nada sobre isso. Ou seja, não é possível ter certeza! Não importa se alguém disse que conhece alguém que foi/é examinador de prova. Se ele realmente É ou FOI examinador de prova, ele está cometendo FRAUDE em lhe dar essa informação. O que eu acho que ninguém faria. Outro ponto importante é que os remarks são feitos na Inglaterra por Senior Staff members. E só eles sabem te dizer isso, e vou te garantir que ELES NUNCA dariam essa informação devido a todos os acordos de sigilo que são assinados por essas pessoas.

      Boa sorte no que você decidir!

      Abraços,
      Rey

  8. Com tanta exigência em obrigatória em inglês, não sei se invisto meus esforços em especializações em minha área para ficar no Brasil ou especificamente em inglês, depois não da nada certo essas burocracias todas.

  9. Excelente Post! ? Tenho um dúvida e ficarei feliz se me puder me esclarecer. Se eu realizar hoje um IELTS e minha nota for X, tiver aprovação para entrar em um college e daqui uns anos, já depois de estudar e trabalhar no Canadá, e consequentemente ter melhorado meu inglês, posso fazer outro IELTS e usar a nota Y do novo IELTS quando for solicitar o Express Entry?
    Outra pergunta: Ter uma graduação no Brasil ou uma pós, soma pontos nos Express Entry ou só conta a pontuação do curso que eu fizer lá?
    Grata!

    • mais uma dúvida… se minha graduação contar como ponto para o Express Entry, devo fazer a validação aqui no Brasil dos meus diplomas, antes de ir morar no Canadá, para que sejam aceitos? Lembrando que não pretendo me cadastrar no Express Entry aqui do Brasil. Pretendo ser aprovado para cursar um college e ir estudar em um college por 2 anos e depois prestar um PGWP, pra só então me lançar no Express Entry.
      Talvez pareça uma pergunta besta, mas tenho pesquisado tanto que as vezes me perco, confundo informações…
      se puder me esclarecer, agradeço muito.

  10. Ola
    Adorei seu Blog
    Fiz o Ielts Academic pensando no College, porem nao me sai muito bem . GERAL 5.0 Agente pensa que sabe Ingles e chega em um teste deste nivel enxerga sua realidade .
    Sou casada e empresaria com filhos e desejaria realizar este processo de imigração.
    Seria possível com uma nota desta sendo Academic, lembrando que meu marido nao faria o teste, seria melhor um intensivao la mesmo?
    Obrigada

  11. Oi Rey. Adoro seu blog! Me ajuda demais. Parabéns!! <3 Tenho uma dúvida: sou formada em Administração e Direito, minha pós graduação é em Direito, mas não gostaria de exercer esta área no Canadá, mas sim Administração (ou outra). Isso é indiferente? Ganharei a pontuação da pós mesmo se Direito não for uma profissão que o Canadá precise de demanda e eu deseje trabalhar em outra área? Obrigada! Beijos!

    • Diana, tudo bom? Fico muito feliz que o blog te ajude! Essa é a ideia dele. Olha aconselho você ler nosso post sobre NOCs que vai te ajudar bastante a entender como funciona. Agora mesmo que você não vá exercer a função no Canadá isso não impede que ganhe pontos educacionais pelos diplomas. Abraços!

  12. Olá Rey, tudo bom?

    Quero um conselho/dica rsrs já fiz o IELTS três vezes e minha última nota foi 8 no writing e 7.5 nas outras três seções. Como não consigo melhorar meu listening, já que tirei 7.5 nas últimas duas provas, decidi ir para Toronto estudar inglês já que tenho parentes lá e não pago acomodação.

    Com isso, existe a opção de fazer o CELPIP mas como já conheço o IELTS de cabo a rabo (estou estudando desde setembro 2017), acho que consigo mais essas duas questões que faltam para o CLB9.

    Além disso, meus amigos que moram em Toronto me disseram que o pessoal lá tá reclamando bastante da avaliação do CELPIP e tal, e não quero pagar uma nota pra ir como estudante.

    Você acha que estar em Toronto focado por 4 semanas e estudando inglês todo dia pode dar o CLB9 no IELTS já que estou tão perto? (desculpa pelo textão e valeu demais se puder responder)

    Abraços

    • Erico, tudo bom? Primeiramente parabéns pela dedicação e esforços nos estudos. Honestamente eu concordo que o CELPIP não é uma das melhores provas a se fazer, exatamente por que ele tem pouco conteúdo para se estudar e fica muito difícil de se preparar para ele. Eu aconselho honestamente você ler meu post sobre como melhorar as listening skills. Nele eu forneço o link para dois super podcasts que realmente fazem TODA a diferença para quem está se preparando para o IELTS e precisa subir a nota. Agora estar ou não em Toronto provavelmente não é o que vai fazer a diferença. O que vai fazer diferença é quanto você vai se imergir em listenings de alta qualidade e com nível de inglês complexo como o do IELTS. Eu acho que o curso ajuda com certeza pois trás aquela vivência diária, mas você é quem pode determinar se vai fazer diferença mesmo ou não, dependendo da sua dedicação em ouvir coisas complexas e ir atrás dos vocabulários desconhecidos! Espero q você consiga atingir sua nota logo viu? Depois volte para me contar do seu sucesso! Abraços!

  13. Olá, primeiramente obrigada. Esse site está me ajudando muito! Eu e meu marido vamos aplicar para o PR. Estamos no Brasil agora mas moramos nos Canada de 2012 a 2016 e temos uma filha canadense (o que nao ajuda em nada no processo….). Iremos fazer o ielts em Maio, mas é bem caro, né…. Meu marido será o aplicante por ter feito o doutorado dele no Canadá e possuir uma pontuacao maior. Minhas duvidas são: eu como acompanhante, tbm preciso fazer o ielts? Sei que ajuda na pontuacao, mas é obrigatorio? Todas as informações colocadas no express entry precisam ser comprovadas em caso de seleção, certo? As comprovacoes academicas, de degrees, precisam ser validadas no Canadá (education assessment) ou tradução para o inglês? Como é feita essa comprovação? Obrigada!!

  14. Olá, tudo bem?

    Eu e minha namorada estamos nos pensando em aplicar, no caso eu seria o principal, ela teria que prestar o IELTS?

    Pergunto porque o inglês dela é bem básico.

    Obrigado

    Vinícius Lanza

    • Vinicius, tudo bom? Olha, o aplicante principal TEM QUE fazer a prova, o conjugê não precisa necessariamente fazer, mas tudo isso depende dos pontos. Você já viu nosso post sobre o CRS TOOL CALCULATOR? Espero q te ajude! Abraços!

      • Obrigado,

        No caso eu vou fazer mesmo, estou tranquilo. Ela que seria o problema, vou olhar a calculadora.

        Muito obrigado! =)

  15. Parabéns pelo blog! Conheci agora é estou fascinado com a quantidade de info disponível. Obrigado mesmo.
    Uma dúvida, minha esposa é Franco-brasileira e fará o ielts para aplicarmos. Sendo francesa e assim, nativa em francês, ele precisa fazer o TEF para ter a pontuação extra na hora de aplicar? Não achei essa info nos sites oficiais. Na minha cabeça não faz muito sentido, pq ela se formou na França e tem como comprovar, mas realmente não vi essa possibilidade de comprovação. Vcs saberiam dizer? Desde já agradeço!

    • Roberto, tudo bom? Obrigada pelos elogios! Olha, se todos os estrangeiros, incluíndo os britânicos e australianos são exigidos a realizar o IELTS eu acredito que ela também precise realizar o TEF sim. Aconselho procurar no site do CIC ou no canadavisa forum para mais informações. Abraços!

  16. Fiz o IELTS esse último fim de semana, tenho uma duvida, para tirar 8,0 no listening preciso acertar quantas? Foi a parte que mais me preocupou🙈

    • Alyssa, tudo bom? Você precisaria acertar mais ou menos 35 questões das 40. Mas agora é hora de esquecer o assunto! Espere para ver o resultado! Não sofra antes! Abraços!

  17. Parabéns pelo Blog! Muita informação precisa! Minha dúvida é a seguinte, tenho IELTS Academic ainda válido até final de 2019. Posso utilizar esse IELTS Academic para o processo de imigração ou necessito realizar o General?

    Desde já, muito obrigado!

    • Sergio, tudo bom? Conforme explicado no post somente o General é válido para imigração:

      “Para o Express Entry você que está no Brasil tem somente UMA opção: IELTS General Training. A gente já explicou bem sobre o IELTS aqui nesse post. Se você ainda não leu e não sabe muito sobre a prova, vai lá no post e leia, que eu te espero aqui!

      Se você está no Canadá você tem duas opções: IELTS General Training e CELPIP. Eu NÃO aconselharia o CELPIP. Apesar da prova ser um pouco mais simples que o IELTS, já soube de experiências péssimas de conhecidos e alunos com essa prova.”

      Se precisar de apoio com IELTS, conte comigo!

      Abraços!

  18. Olá, estou preenchendo meu perfil no EE e gostaria de confirmar. Os resultados do IELTS devem ser inseridos no CIC pela tabela do CLB ou os resultados do IELTS mesmo que aparecem no certificado?

    Obrigada

  19. Fiz o CELPIP e fui com Listening=10, Reading-12 , Writing=8, Speaking=8. Meu NOC e A entao preciso ter nota minima 7, ate ai tudo OK.
    Porem minha esposa foi com um 6 em speaking. A nota minima para o aplicante principal tambem se aplica ao spouse? Ou podemos aplicar mesmo ela tendo um 6?

    • Felipe, tudo bom? Está tudo na tabela aí em cima, mas o spouse ele só ajuda a pontuação, ele não impede nada. Tanto que com CLB 5 ou 6 o spouse ainda te dá 1 ponto por essa habilidade. Abraços.

  20. Bom dia tenho uma dúvida

    Se eu fizer o IELTS e tiver uma nota razoável e criar meu perfil no EE com esse resultado eu poderei depois de alguns meses continuar fazendo IELTS para melhorar minha nota e atualizar meu perfil do EE?

    • Vanessa, você pode sempre atualizar a nota do IELTS ou o conteúdo do seu ECA report. Basta alterar o código fornecido nesses documentos. Abraços!

  21. Acabou de chegar minha nota do IELTS, eu tirei 9 no Listening, 8.5 no Reading e no Speaking e 7 no Writing… Esse Writing me impediu de conseguir ficar com 10 em tudo e fiquei preocupado se essa pontuação seria o bastante para mim…

  22. […] Recomendo você verificar nos pré-requisitos para pedir a sua cidadania os critérios atuais de testes de proficiência. Hoje quando escrevo esse texto, você pode usar um resultado de IELTS ou CELPIP se você houver feito ele depois de 28 de Novembro 2008. Ou seja, quase ninguém faz essa prova por que a maioria das pessoas hoje usa os resultados da prova que fez para a residência permanente. […]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui