Na hora de escolher uma prova de proficiência, se você tem opções, sempre surge a dúvida: TOEFL ou IELTS? Qual prova é mais fácil? Hoje vamos falar das diferenças e do tipo de prova que aconselhamos para cada tipo de aluno.

Lembrando que você só tem a escolha entre TOEFL e IELTS se você estiver realizando a prova de profiência para entrar em uma universidade. Se você está no processo do Express Entry só é permitido realizar o IELTS General Training. Então, esse post aqui é mais indicado para ques está na dúvida entre o IELTS Academic e o TOEFL na hora de entrar num college, por exemplo.

Semelhanças entre o TOEFL e o IELTS

Antes da gente explorar as diferenças, vamos lidar com o que é praticamente igual. Primeiramente, ambas as provas testam as 4 habilidades: Reading, Listening, Writing e Speaking. Os textos das provas de Reading costumam ter cunho mais acadêmico, assim como os Listenings.

Ah, outra semelhança é que os áudios no TOEFL e no IELTS são tocados SOMENTE UMA VEZ! Essa é uma semelhança extremamente odiada em ambas as provas. Mas é isso aí! Você só escuta uma vez e se perder o que foi dito, perdeu!

No quesito Writing, ambas as provas exigem que você produza 2 textos. Sempre sendo o primeiro menor que o segundo. E ambas as provas tem um texto obrigatório que é uma ESSAY. E a essay é sempre o maior texto a ser produzido.

Diferenças entre o TOEFL e o IELTS

Agora que já vimos as semelhanças vamos às diferenças! A primeira que precisa ser mencionada é na forma como a prova é aplicada. No caso do TOEFL a prova feita no Brasil é o iBT – internet based test. Ou seja, a prova é toda realizada por computador num centro autorizado. Até o Speaking é feito falando para o computador



Já o IELTS é paper based no Brasil. Ou seja, você faz as provas de Reading, Listening e Writing em papel. E o Speaking é feito com um examinador presencial. Essa é diferença mais geral sobre as duas provas.

Como as diferenças formam uma lista muito maior que as semelhanças, para ficar mais organizado, vamos continuar por área de prova:

Reading

A maior diferença das duas provas são os tipos de questão. No TOEFL você terá basicamente questões de múltipla escolha. Já no IELTS, existem mais de 5 tipos de questões diferentes. Incluindo o famoso (e odiado) “True, False, Not given”.

As questões do IELTS são muito mais desafiadoras. A boa notícia é que existem técnicas para realizar a prova que realmente vão te ajudar! Por esse motivo a preparação para o IELTS na prova de reading se faz muito mais necessária que para o TOEFL. Aí só um bom professor para te orientar.

Nós aqui no blog já falamos um pouco sobre a técnica chave para ir bem no reading do IELTS. Se você ainda não leu, já deixa aberto em outra aba para você ler depois desse post aqui.

Listening

Novamente, a maior diferença das duas provas são os tipos de questão. Para não sair do comum, no TOEFL você tem questões de múltipla escolha. Enquanto isso, no IELTS você terá mais de 5 tipos de questões diferentes. Dentro da variedade de questões, o maior desafio no listening são as questões do tipo “complete the gap”.

Novamente a prova do IELTS, precisa de bastante treino! Uma boa compreensão das pegadinhas da prova também é necessário e um bom curso ou professor pode te ajudar.

Só que preciso acrescentar que no caso do listening existe também a questão dos sotaques dos áudios. O TOEFL utiliza somente falantes de inglês americanos nos seus áudios. Já o IELTS pode vir qualquer coisa que eles quiserem MESMO. Indiano, chinês, irlandês, australiano e muitos outros falando inglês. Então a sua capacidade de compreensão de sotaques também há de ser melhor.

Uma outra diferença nas duas provas é que no TOEFL você irá ouvir os áudios mas não vai ter acesso as questões enquanto escuta. Então é muito importante conseguir tomar nota enquanto o listening está tocando. No IELTS, no entanto, você escuta os áudios e tem o papel com as questões na sua frente enquanto escuta. Isso para mim é um ponto positivo para o IELTS.

Writing

Como já falamos nas semelhaças, ambas as provas pedem a produção de uma essay. E em ambas as provas a essay é o segundo texto, é o texto maior e é o texto que vale mais pontos ok? Então é muito importante estudar para realizar uma boa essay. E se você quiser uma super ajuda com o seu writing, veja nossos cursos online INCRÍVEIS!

Eles são super em conta (JURO! não é só marketing heheheh) e tem todo o conteúdo maravilhoso que eu trabalho com todos os meus alunos nas aulas particulares, só que por menos de 1/5 do preço!

Porém esse tópico é sobre as diferenças. E por causa dessa semelhança, a diferença vem exatamente nos primeiros writings de ambas as provas. No caso do TOEFL o primeiro writing é chamado de integrated writing. Ele integra algumas habilidades: reading, listening e writing.

Ele funciona da seguinte forma: você lê um texto, depois escuta um listening de um professor analisando aquele tópico e depois você tem que escrever um texto que una as informações do reading e do listening. Ou seja, ele não é um texto sobre a sua opinião. Basta você reportar bem a opinião dada tanto no reading quanto no listening.

Quando se trata da primeira questão de writing do IELTS a coisa muda bastante de figura. O IELTS Academic tem como task 1 do writing uma análise e descrição de um gráfico. Funciona assim, você tem um ou dois gráficos para serem analisados e descritos no texto. Os gráficos podem ser bem parecidos com esses aqui:

Gráficos Task 1 IELTS Academic Sample
Imagens do site: http://takeielts.britishcouncil.org/

Esses gráficos são do site do IELTS. Lá eles tem exemplos de todas as áreas da prova. É um bom site para conhecer um pouco mais sobre a prova antes de tomar uma decisão.

Speaking

As provas de speaking praticamente só tem diferenças. A única semelhança é que você tem que falar! hahaha. Mas brincadeiras a parte, o speaking no TOEFL é feito para o computador. A prova possui 6 questões. Algumas com habilidades integradas em que você lê um texto e escuta um listening e deve falar sobre eles. Ou que você só escuta um listening e tem que descrever o que foi dito.

A prova de speaking no IELTS é realizada pessoalmente. Ela tem 3 partes e nós já demos um relato bem completo dela aqui nesse post. O speaking no IELTS é realizado da mesma forma, tanto para a prova Academic quanto para a prova de General Training. No caso do IELTS não existem habilidades integradas e você vai receber perguntas ou tópicos para serem discursados sobre.

Qual prova é mais fácil?

Essa é uma pergunta muito complexa. Definir qual prova de proficiência é mais fácil vai realmente depender do seu estilo de realizar provas. Porém eu vou dar uma luz nessa questão.

Para pessoas que tem um nível de inglês abaixo do avançado/fluente, normalmente é mais fácil fazer o TOEFL. Algumas coisas pesam nesse meu argumento. O fato dos listenings do TOEFL terem somente o sotaque americano, das questões serem em sua maioria de múltipla escolha e do writing não possuir análise de gráficos.

Tudo isso facilita bastante para quem não chega a um nível avançado/fluente de inglês.  Apesar disso, a melhor forma de você determinar qual prova você se sente mais confortável em fazer é FAZENDO! Isso quer dizer que antes de você decidir, procure um simulado de reading e listening de cada uma das provas online e veja qual você se sente mais confortável em realizar.

Aconselho fazer somente o reading e listening pois são as provas mais objetivas em que você consegue saber sua provável nota sem precisar de um professor. Writing e speaking só podem ser realmente analisados por professores que já trabalham com essas provas a algum tempo. #ficaadica

Então, como eu descubro meu nível de inglês?

Se você não sabe ainda qual o seu nível de inglês aconselho realizar esse teste aqui. Você deve realizar o General English test. Ele é um teste um pouco longo, com 25 questões. Mas ele é de Cambridge né? Somente a instituição que elabora as provas do IELTS. Ou seja, é fo-da!

No final da prova ele vai te mostrar qual prova de proficiência de Cambridge você pode realizar. Aí com essa informação você sabe seu nível de inglês ao comparar com essa tabela abaixo, que relaciona as provas de Cambridge com o chamado Common European Framework:

Common European Framework e testes de Cambridge

Essa tabela de mostra as principais provas de Cambridge e também as notas no IELTS. É possível você até prever quanto você tiraria no IELTS se você souber qual prova de Cambridge você está apto a realizar.

São 5 provas: KEY, PET, FCE, CAE E CPE. Você só pode ser considerado um aluno avançado se você poderia realizar o CAE ou o CPE. Ou seja se você é um PROFICIENT USER de acordo com a CEFR. Se você é um indepente user, você ainda possuí nível de inglês intermediário. E se estiver no PET, você precisa estudar MUITO inglês para tirar perto de 6.0 no IELTS.

Se você caí no nível de basic user você precisa estudar inglês antes de se arriscar! Tanto no IELTS quanto no TOEFL, um basic user vai sentir muitas dificuldades. Não desperdice o seu dinheiro e tempo fazendo uma prova para a qual você não tem nível nem preparação e de inglês.

Invista no seu inglês

A verdade é que tudo que envolve ir para o exterior precisa de inglês. Então gente, invistam no inglês de você desde hoje. Desde já! Façam cursos de inglês, online ou presencial, tanto faz! Assistam filmes em inglês, escutem músicas em inglês. Mude seu facebook para inglês, mude seu celular para inglês. Coloque o inglês no seu dia-a-dia o máximo possível!

A gente aqui no Casal Nerd no Canadá ajuda quem quer se preparar para o prova do IELTS ou do TOEFL. Se você quiser saber um pouco sobre os nossos cursos online, é só clicar aqui. E se você quer saber como funciona o nosso preparatório de IELTS ou TOEFL entre em contato com a gente por aqui. Vai ser um prazer ajudar vocês a realizarem qualquer que seja a prova com sucesso!

Se você gostou desse post e acha que pode ajudar alguém: compartilha! Aproveita e curta a nossa página no Facebook para você acompanhar de perto todos os posts novos e atualização no blog!