Super visa
Bottle flips
Bateu saudade de mamys? O super visa pode ser a solução

O super visa é um visto de turismo menos conhecido e utilizado pelos brasileiros que vão ao Canadá. Mesmo assim, ele pode ser uma opção para quem quer estar perto da família por mais tempo.

Isso porque quem chega ao país como turista, seja com visto de turismo ou eTA, em geral pode passar até seis meses por vez. O super visa, por sua vez, permite que o visitante passe até 2 anos no Canadá a cada viagem. Hoje vamos entender quem tem direito a esse tipo especial de visto e o que é preciso para conseguir um. Bora lá?

O que é o super visa?

Esse é um visto destinado a pais e avós de residentes permanentes ou cidadãos canadenses. Além disso, o super visa é de múltiplas entradas, ou seja, permite que o turista volte diversas vezes ao Canadá em um período de até 10 anos. Esse tipo de visto não permite a inclusão de dependentes, isto é, deve ser feito um processo por pessoa.

Do que eu preciso para tirar o super visa?

Para ser elegível a um super visa, os candidatos devem:

  • Ser pais ou avós de residentes permanentes ou cidadãos canadenses. A comprovação é via cópia de documento que indique o parentesco, como certidão de nascimento
  • Estar com passaporte válido por no mínimo o período do super visa, a partir da data de entrada no Canadá
  • Foto seguindo as orientações oficiais
  • Ter uma carta-convite assinada pelo(a) filho(a) ou neto(a) incluindo:
    • Confirmação de que ele(a) vai arcar com suas despesas durante a estadia
    • Lista de todas as pessoas que moram na casa do(a) filho(a) ou neto(a)
    • Cópia de documento que comprove residência permanente ou cidadania canadense
  • Ter seguro-saúde de uma empresa canadense que tenha
    • Duração de pelo menos um ano a partir da chegada ao país
    • Cobertura de pelo menos CAN$100,000, com direito a assistência médica, internação e repatriação
    • Prova de que o seguro foi pago

Além disso, os interessados em um super visa devem dar entrada no visto de fora do Canadá. A Imigração recomenda ainda o envio de cópia autenticada e tradução juramentada de qualquer documento que não estiver em inglês ou francês.

Mão na massa

Gatos digitando
Preenchendo formulário como se não houvesse amanhã

Documentos em mãos? Então é hora de revisar as instruções oficiais e dar entrada no super visa. Você pode fazer isso por conta própria, pela internet.


Depois de pagar a taxa relativa à biometria e enviar o processo, você recebe uma carta da Imigração. A mensagem indica como e onde concluir essa etapa, em um prazo de até 30 dias. Embora você possa fazer o pagamento da tal taxa mais tarde, a recomendação para evitar atrasos é quitar esse valor de uma vez.

O visitante também vai receber o pedido de um exame médico, que deve ser feito em um dos locais aceitos pela Imigração. Exame pronto? Envie o comprovante para a Imigração avaliar o estado de saúde do visitante. Fique de olho ainda em qualquer possível pedido de documentos ou informações adicionais. Nunca se sabe, né?

Aí é só esperar a análise do pedido (confira a estimativa do tempo de processamento aqui). Parece uma eternidade, mas uma hora o resultado chega! Se negar o pedido, a Imigração promete enviar esclarecimentos #batenamadeira. Dando tudo certo, porém, o carimbo do visto no passaporte confirma a aprovação do processo.

Confirmação de apoio financeiro

Como a gente contou, um dos pré-requisitos é que filhos ou netos de candidatos ao super visa se comprometam a sustentá-los em sua temporada canadense. Para isso, eles devem mostrar que têm a renda familiar mínima exigida, incluindo o visitante e seu cônjuge, caso também esteja indo. Entra na conta ainda qualquer pessoa de quem o anfitrião tenha sido “sponsor”, caso o sponsorship agreement ainda esteja válido. Em 2020, os valores eram os seguintes:Income table

 

 

 

 

 

Essa renda pode ser comprovada de diferentes maneiras, como:

  • Notice of Assessment (NOA) do imposto de renda canadense ou T4/T1 do ano fiscal mais recente
  • Comprovantes de recebimento de Employment Insurance
  • Carta do empregador contendo salário e data de contratação
  • Contracheques
  • Extratos bancários

Se necessário, a renda do cônjuge do anfitrião pode ajudar. Para isso, basta redigir uma carta-convite no nome do mozão e apresentar os documentos comprobatórios.

Otras cositas más

A Imigração analisa ainda alguns outros critérios ao processar pedidos de super visa. Isso porque não podemos esquecer que ele é um visto de turismo. Logo, é esperado que visitantes voltem ao país de origem no final. Por essa razão, os oficiais também vão avaliar:

  • Os vínculos do visitante com o país de origem
  • O objetivo da viagem
  • Estrutura familiar e finanças pessoais
  • Economia e estabilidade política do país de origem

Chegando com o super visa ao Canadá

Mel Gibson
Daddy’s home!

Como acontece com qualquer tipo de visto, o oficial da fronteira é quem tem a palavra final. É ele quem decide quem pode ou não entrar no país #medo.

Portanto, o viajante deve sempre levar na bagagem de mão todos os documentos do processo. Lembrou de algo extra que pode ser útil? Põe dentro da pasta.

Quem tem super visa pode estudar e trabalhar no Canadá?

Geralmente não. O motivo é que a maioria dos estrangeiros precisa de permissão de estudos ou trabalho para fazer isso legalmente no país.

Cursos com até seis meses de duração e cursos de idiomas, no entanto, costumam ser permitidos sem exigência de permissão de estudos (confira aqui). A permissão de trabalho também é dispensada em alguns casos excepcionais, que você vê neste link.

Modern Family
Quando a falta é tanta que até família se abraçando vira gatilho

E você, pensa em dar entrada no super visa ou conhece alguém que tenha conseguido esse tipo de visto? Compartilhe sua experiência nos comentários!


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui