Ottawa

Quarta maior cidade canadense, Ottawa (pronuncia-se Órua) é a capital do país e um lugar apaixonante. Apesar de mais extensa que Vancouver, Calgary, Edmonton, Toronto e Montréal juntas, sua população é de cerca de um terço da de Toronto.

Isso faz com que a cidade tenha um ritmo tranquilo, quase de cidade pequena. Ao mesmo tempo, Ottawa oferece diversão para todos os gostos. Por isso, hoje damos todas as dicas para quem pensa em visitar esse destino canadense, das melhores épocas do ano para ir aos passeios imperdíveis.

Quando visitar Ottawa

Rideau Canal
No inverno, o Rideau Canal vira a maior pista de patinação no gelo do mundo | Foto: Reprodução

Sim, faz muito frio e neva bastante em Ottawa no inverno (entre dezembro e março), quando as temperaturas congelantes superam os -30ºC. Porém, isso pode vir a calhar se você quiser patinar no Canal Rideau – o maior rinque de patinação no gelo do mundo – ou curtir o Winterlude, um festival com atividades ao ar livre, concurso de esculturas de gelo e muito mais.

Confira: 5 itens indispensáveis para sobreviver ao inverno no Canadá

eTA x visto de turismo: saiba como funciona a autorização de viagem

Entre abril e junho, na primavera, Ottawa floresce. Literalmente: todo ano, é realizado em maio o famoso Festival das Tulipas. O evento foi criado para celebrar as 100 mil mudas de tulipas enviadas ao Canadá em 1945 pela família real holandesa. O presente foi um agradecimento ao país por ter abrigado alguns de seus membros durante a Segunda Guerra Mundial e ajudado a libertar seus cidadãos da ocupação nazista.


No verão, entre julho e setembro, o termômetro chega a marcar perto dos 40ºC. Essa é época perfeita para curtir um mergulho no lago, ir a um show ao ar livre ou encontrar os amigos em um patio. Além disso, os dias também são mais longos. Enquanto no inverno o sol nasce por volta das 8h e se põe às 16h, no verão Ottawa tem luz do sol entre 5h e 21h.

Já se você gosta de ver as cores do outono, venha a Ottawa entre setembro e novembro. Nessa época, o friozinho já começa a dar as caras, mas ainda é possível passear com casacos mais leves.

E para quem não gosta de tempo nublado, a boa notícia é que Ottawa é uma das cidades mais ensolaradas do Canadá. Mesmo no auge do inverno, a maioria dos dias é de céu azul e sol brilhando.

Onde ficar

Se você está em busca de hotéis, o centro da cidade (Downtown) é o lugar pra você (conheça as opções no site da Ottawa Tourism). Já se você pensa em AirBnb e pretende se locomover de transporte público, procure ficar perto de uma estação do O-Train ou dos terminais de ônibus de uma Transitway.

Certamente você ganha mais flexibilidade caso alugue um carro ou planeje fazer a maior parte dos trajetos de Uber. Nesse caso, vale a pena até cogitar se hospedar em Gatineau, cidade do Québec que é colada em Ottawa.

Inclusive, Gatineau é parte da chamada National Capital Region e essa proximidade faz com que Ottawa seja uma cidade super bilíngue. Sendo assim, você tem a chance de ter contato tanto com o inglês quanto com o francês.

Como se locomover em Ottawa

Bus Ottawa
Planeje seus deslocamentos antes de chegar a Ottawa | Foto: Philippe Beliveau/Unsplash

O transporte público de Ottawa não é lá essas coisas, o que faz com que não haja oferta farta em algumas áreas. Além disso, às vezes é preciso pegar mais de um ônibus ou uma combinação entre ônibus e O-Train para chegar a um local. Sendo assim, não deixe de dar uma conferida nos possíveis trajetos pelo Google Maps ou Moovit na hora de planejar sua viagem.

Para pagar a passagem, você deve ter o valor exato em mãos ou comprar um Presto Card. Esse cartão está à venda nas ticket machines das estações do O-Train ou do aeroporto, ou ainda nas farmácias da Shoppers e mercados Loblaws. Para carregar créditos, basta fazer isso nos mesmos locais ou pela internet, no site ou aplicativo da Presto. Saiba mais aqui.

Os serviços de Uber e Lyft funcionam bem na cidade. Pra quem prefere alugar carro, por sua vez, Ottawa também tem representantes das principais locadoras de carros.

Aonde ir

Byward Market
O Byward Market é um dos principais pontos turísticos de Ottawa | Foto: Reprodução

Embora não tenha tantas opções para quem curte vida noturna, Ottawa é uma delícia para quem gosta de atividades ao ar livre, programas culturais e restaurantes. Alguns dos programas mais bacanas são:

Em Downtown Ottawa

  • Parlamento: principal cartão postal da cidade, o Parlamento fica no coração da cidade e oferece visitas guiadas. No verão, aproveite para conferir os horários da troca de guarda, que conta com uma banda militar e soldados com uniformes nos moldes londrinos;
  • Rideau Canal: é patrimônio mundial da Unesco e você tem acesso a ele a poucos passos do Parlamento. No inverno, o canal vira a maior pista de patinação no gelo do mundo, com quase 8 Km de comprimento. Além disso, no resto do ano ele oferece aos visitantes a chance de andar de caiaque ou caminhar e andar de bicicleta às suas margens;
  • Château Laurier: um pouco mais à frente, está esse imponente hotel inspirado nos castelos franceses e aberto em 1912. Quer se sentir um verdadeiro membro da realeza por um dia? Você pode saborear um brunch ou chá da tarde e depois curtir uma caminhada no Major’s Hill Park, que fica bem atrás do hotel;
  • Byward Market: o tradicional mercado tem lojinhas charmosas e é cercado por bares e restaurantes que funcionam até tarde. Aproveite também para provar um BeaverTail, iguaria que nasceu em Ottawa e é feita originalmente com açúcar e canela.

Explorando outras partes da cidade

  • Museus: como boa capital federal, Ottawa é sede de alguns dos principais museus do país, como o Canadian Museum of History, Canadian Museum of Nature, National Arts Centre, National Gallery of CanadaCanada Agriculture and Food MuseumCanada Aviation and Space Museum. Não deixe de dar uma olhada na programação. Pesquise ainda os detalhes sobre visitação, já que alguns deles oferecem entrada gratuita em certos dias e horários;
  • Dominion Arboretum e Ornamental Gardens: esses jardins são parte da Central Experimental Farm e um deleite para quem gosta de caminhar em meio a flores e árvores;
  • Rideau Hall: o prédio histórico é residência e local de trabalho do/da governor general do Canadá, que representa a Coroa britânica no país. Para conhecer o local, agende uma visita guiada ou explore o jardim no seu próprio ritmo;
  • Little Italy e Chinatown: saboreie pratos da culinária italiana ou chinesa e participe dos eventos típicos desses bairros vizinhos;
  • Westboro Village: se você está em busca de bares, restaurantes e lojas da moda, esse é o lugar. Se planeje para começar o passeio onde a Wellington Street West se torna Richmond Road e bata perna sem rumo para descobrir os points do bairro;
  • Diefenbunker Museum: esse museu foi criado no auge da Guerra Fria para abrigar representantes do governo e do exército no caso de um ataque nuclear contra o Canadá. Hoje, o bunker subterrâneo recebe turistas interessados na história do local, que também abriga um escape room.

Nas redondezas

Parc Omega
Interaja com a natureza durante um safári pelo Parc Omega | Foto: Reprodução

Além de curtir o que Ottawa tem a oferecer, você pode também aproveitar a localização estratégica da cidade. Para isso, explore seus arredores em passeios perfeitos para um bate e volta, com trajetos de até uma hora.

  • Gatineau Park: esse parque ocupa uma área de 361 quilômetros quadrados e reúne lagos, prédios históricos, cavernas, trilhas e paisagens de tirar o fôlego. Dependendo da época do ano, há ônibus gratuitos saindo do centro de Ottawa;
  • Nordik Spa: o maior spa da América do Norte fica a apenas 15 minutos de Downtown Ottawa, em Chelsea (Québec);
  • Great Canadian Bungee: um passeio pra quem ama aventura. Esse é o ponto mais alto do Canadá para quem quer praticar bungee jump e também fica em Chelsea;
  • Casino du Lac-Leamy: localizado em Gatineau, o cassino oferece uma variedade de jogos, bares, restaurantes e atrações aos visitantes;
  • Parc Omega: o parque fica em Montebello (Québec) e oferece uma experiência única de contato com a natureza, em uma espécie de safári canadense. Enquanto passeia no seu carro, você encontra animais como lobos, ursos, raposas, alces e bisões, podendo até mesmo alimentar alguns deles;
  • Wakefield (Québec): dê um mergulho nas águas cristalinas de Morrison’s Quarry e visite a famosa ponte coberta da cidade;
  • Perth (Ontario): essa cidade fofa parece saída de uma novela das seis e é cheia de prédios históricos, além do belo Stewart Park;
  • Almonte (Ontario): atravesse a Riverwalk até a antiga prefeitura passando pelas cascatas do Metcalf Geoheritage Park e visite as lojinhas do centro, cercadas por prédios históricos.

E aí, já escolheu o que fazer em Ottawa? Se você já visitou a capital canadense ou quer conhecer a cidade, conta pra gente!


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui