Hoje quem escreve esse post é o Dr. Marcos Galasso e eu estou muito contente com a oportunidade que o blog CASAL NERD NO CANADÁ me deu de escrever pra vocês. Vou falar um pouco do que sei sobre algo que me perguntam a toda hora: Como ser médico no Canadá!

But first, let’s take a selfie… No no! Let’s talk about my background!

médico barney neil patrick harris
A gente estuda a beça para não acontecer esse tipo de coisa! #barney #piadinha HAHAHAHAH

Mas antes, deixe eu contar um pouquinho da minha história. Eu sou um cirurgião torácico brasileiro, e toda minha formação foi na UNICAMP. Eu terminei minha residência em 2015 e, no mesmo ano, fui convidado para trabalhar como Research fellow no Toronto General Hospital, com o Dr. Marcelo Cypel.

Desde então já se passaram três anos, e agora eu estou terminando meu PhD. Além disso, fui convidado para ser clinical fellow aqui, em cirurgia torácica geral e transplante de pulmão.

Caso queira saber mais sobre minha história como fellow no Canadá e como fiz para conseguir essa posição, deem uma olhada nesse vídeo no meu canal no YouTube.

Se acharem o conteúdo interessante, não se esqueçam de se inscrever no canal também! #nuncatepedinada Dito isso, eu tenho vivido a medicina canadense intensamente, e hoje colocarei alguns pontos importantes para você que sonha em ser médico por aqui. Como é impossível cobrir todos os detalhes do processo num só post, serei o mais sucinto possível.

Como funciona o ensino de Medicina no Canadá

Primeiro de tudo, é importante saber que o sistema de ensino médico aqui é diferente do brasileiro. Aqui, para fazer medicina, existem apenas faculdades pagas (mesmo as públicas são pagas!). Além disso, alunos internacionais pagam uma anuidade ainda maior que os canadenses, mas isso é padrão para todos os cursos.



graduate college graduate multiple times
É isso aí e duas vezes ainda para quem faz medicina no Canadá!

E uma coisa que muita gente não sabe é que não existe acesso direto para a faculdade de medicina! É preciso antes fazer uma outra faculdade relacionada a ciência, como por exemplo biologia ou química.

Essa faculdade é chamada de undergraduate degree.  Caso queira saber mais sobre os requisitos para se entrar em medicina no Canadá,  clique aqui.

Outra coisa importante a se ressaltar, é que o Canadá todo possui apenas 17 faculdades de medicina!!!

Completamente diferente do Brasil, né? Se você quiser ver uma tabela com a lista das faculdades de medicina no Canadá, clique aqui.

E depois de completar o ensino superior? Como funciona?

Quando um aluno canadense termina a faculdade de medicina, ele também não pode atuar diretamente como um médico independente. Ele necessariamente precisa fazer uma residência médica. E é nesse ponto que entra um graduado em medicina no Brasil, ou mesmo alguém que já tenha feito residência.  

Antes de continuar, quero deixar uma coisa clara: NÃO É NECESSÁRIO REFAZER A FACULDADE DE MEDICINA PARA SER MÉDICO NO CANADÁ, OK? #destruindofalácias

Salvo raríssimas exceções, os médicos brasileiros precisam fazer a residência médica aqui. Seja pela primeira vez ou de novo, no caso dos especialistas. Ponto. Para saber um pouco mais sobre as estatísticas da residência médica no Canadá, dê uma olhada nesse link aqui.

alívio yang christina yang aliviada
Imagens reais de você aí aliviado por não ter que fazer a faculdade toda de novo! UFA!

Esse pdf do link acima tem as estatísticas de vagas de residência. São poucas, especialmente para médicos internacionais. Médicos graduados no Canadá são chamados de CMG (Canadian Medical Graduates), e IMG são os International Medical Graduates (que é o seu caso, se você tiver feito faculdade no Brasil).

Após fazer as provas (que não é o tópico desse post – fica para outro dia no youtube), o candidato precisa fazer um match, ou seja, precisa aplicar para vagas nos hospitais daqui. O processo todo é controlado por uma instituição chamada Canadian Resident Matching Service (CaRMS). Para saber mais sobre o match, veja esse linkA residência médica é controlada pelo Royal College of Physicians and Surgeons of Canada (RCPSC).

Mas e a “validação” do diploma?

Vamos por partes! Todo o processo começa com o registro do seu diploma de médico (ou de especialista também) no Canadá. Esse processo geralmente é um pouco demorado, podendo levar de 4-6 meses. Isso é chamado de ECA (Educational Credential Assessment).

Mas não se engane, o ECA é diferente do REVALIDA Brasileiro! “Avaliar” seu diploma no Canadá não vai te dar direito a exercer a medicina aqui automaticamente, apenas certificará as credenciais do médico! O ECA vai mostrar que o diploma é verdadeiro e que a faculdade de medicina é reconhecida pelo governo canadense e, principalmente, que seu diploma médico é equivalente ao diploma médico canadense.

Repetindo: o ECA NÃO é uma espécie de REVALIDA Canadense. Certo?

Antes de mandar documentos pro ECA, você precisa saber se sua faculdade de medicina está cadastrada no World Directory of Medical Schools (WDOMS):

Se a sua faculdade não for registrada lá, eu receio que talvez sua formação não seria sequer analisada. Como não sou consultor para médicos, apenas um médico que está no Canadá, eu recomendo que você procure um consultor especializado, caso sua faculdade não esteja no WDOMS.

Ok, então para fazer o ECA, você precisa aplicar no Medical Council of Canada (MCC)O processo do MCC é operado por uma outra instituição, privada, chamada Physicians Apply.

Nesse último site você faz sua conta, paga uma taxa para o Search Verification Request (SVR). Após o cadastro e pagamento de taxas, está na hora de mandar seus documentos pra eles, no formato exato que eles pedem. Dentre outros documentos, é pedido Passaporte, o Release Form e o Diploma Médico.

Precisa de tradução juramentada?

tradução juramentada
Para ninguém ficar desperado com um dicionário, sempre faça as traduções juramentadas de tudo!

Todos os documentos precisam ser traduzidos por meio de tradução juramentada. O próprio Physicians Apply oferece esse serviço de tradução (com uma taxa extra, obviamente).

Os outros documentos precisam ser notarized, o que significa confirmação em cartório por aqui. Para reconhecer firma estando no Brasil, um advogado que tenha um carimbo em inglês precisa ser contratado. 

Após receberem pelo correio os documentos, o Physicians Apply irá mandar tudo para o ECFMG. Essa é uma instituição americana que também valida diplomas de estrangeiros nos EUA. 

O ECFMG então mandará tudo para sua faculdade de medicina. O diretor da faculdade precisa assinar e mandar de volta pro Physicians Apply. Nessa fase, todo o processo pode ser acompanhado online.

Demora muito o processo? E quanto custa?

E essa parte aí de cima que pode demorar meses. Muitas vezes as secretarias das faculdades não estão habituadas ao processo, ao modelo de documentos exigidos. Cada não-conformidade nos documentos levam à não-aceitação dos mesmos, e você terá que pedir à faculdade que envie de novo. Para manter a lisura do processo, o candidato não pode tocar nos documentos, fisicamente falando.

Quando tudo for aceito, existe ainda mais uma taxa, que é a do ECA propriamente dito. Ela sendo paga, o processo de “revalidação” se completa.

Custos

Um resumo das taxas:

  • CAD 285 -> Account fee (Physicians Apply)
  • CAD 165 – > Document fee (ECFMG)
  • CAD 140 -> Translation (Physicians Apply)
  • CAD 106 -> ECA (MCC)

Se você quer fazer isso, pesquise muito e pense muito bem antes de gastar tempo, energia e dinheiro nesse processo. Como disse esse post tem o intuito de dar uma noção geral do processo. Além de tudo isso, existe o planejamento de imigração, uma vez que você precisa ser Permanent Resident no Canadá, para fazer residência médica aqui, salvo raríssimas exceções, novamente.

That’s all folks!

Ufa, acho que está bom para um post, né? Espero que tenha te ajudado. Se vocês não quiserem ser médicos, mas quiserem saber um pouco mais sobre o sistema de saúde canadense, vejam esse vídeo aqui! E se você quer saber mais sobre a vida de médico, como o salário do médico, o mercado, sobre as especialidades e mais, se inscreva no meu canal do YouTube.